MPF pede suspensão de comercial do governo sobre Olimpíada

By -

somostodosbrasilO Ministério Público Federal encaminhou uma recomendação à Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da República em que cobra a imediata suspensão da propaganda “Somos todos Brasil”, que tem como mote a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro este ano. Para o MPF, a campanha se presta a desinformar os brasileiros sobre a “verdade” pela qual passa o País bem como estimular no “inconsciente coletivo” um sentimento favorável não só em relação à Olimpíada, mas principalmente à presidente Dilma Rousseff.

No documento de 27 páginas, o procurador da República em Goiás Ailton Benedito de Souza afirma que a campanha não pode ser qualificada como publicidade institucional nos moldes previstos na Constituição. Segundo ele, o conjunto de ações, que tem sido veiculado desde o dia 23 de dezembro, é “sem sombra de dúvida” de caráter político-ideológico patrimonialista.

“Seu objetivo é estimular na sociedade sentimentos favoráveis à Presidente da República, ao seu governo e à coalização partidária que lhe empresta sustentação, num momento em que, como ‘nunca antes na história deste país’, estão mais fragilizados politicamente, enfrentando elevadíssima rejeição social, inclusive, com processo de impeachment já deflagrado na Câmara dos Deputados, cujo resultado dependerá sobremaneira das manifestações da sociedade que acontecerão nos próximos meses”, sustenta ele, citando na recomendação até o bordão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. *Conteúdo ESTADÃO

Roberto Brasil