MPF denuncia Cunha e Henrique Alves por corrupção e lavagem

By -

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Norte denunciou os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves por corrupção e lavagem de dinheiro, no âmbito da operação Manus, um dos desdobramentos da Lava-Jato. Os dois estão presos. Além dos dois ex-deputados, também foram denunciados pelo MPF José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, presidente da construtora OAS, e outras três pessoas.

A denúncia foi enviada para a Justiça nesta terça-feira e informada hoje pelo MPF. Além de ex-deputado, Henrique Eduardo Alves foi ministro do Turismo no início do governo do presidente Michel Temer. Ele foi preso no início deste mês. Cunha está preso em Curitiba e já foi condenado pelo juiz Sergio Moro.

Os dois peemedebistas são acusados pelos procuradores de de terem recebido propinas disfarçadas de doações eleitorais, oficiais e não oficiais, entre 2012 e 2014. Em troca, afirma o MPF, eles teriam atuado para favorecer empreiteiras como OAS e Odebrecht, que fez acordo de delação premiada. O Ministério Público pede que os acusados sejam condenados ao pagamento de R$ 15,5 milhões por danos materiais e morais para ressarcir os crimes que teriam cometido.

(Com AGÊNCIA O GLOBO)

Roberto Brasil