Movimentação de cargas nacionais registra aumento no primeiro trimestre de 2015

By -

chiA movimentação de cargas portuárias entre o Amazonas e os demais estados do País teve um aumento de 10,72% no primeiro trimestre de 2015 em comparação ao mesmo período do ano passado. O crescimento foi registrado pelo Grupo Chibatão, responsável por cerca de 80% de toda a carga movimentada no Estado.

No acumulado dos três primeiros meses deste ano, o terminal portuário movimentou 34,8 mil contêineres dentro da modalidade cabotagem, que é a movimentação entre portos de um mesmo País. Já em 2014, o número chegou a 31,4 mil.

De acordo com o diretor-executivo geral do Grupo Chibatão, Jhony Fidelis, os investimentos em infraestrutura realizados pela empresa é um dos principais fatores para o bom desempenho na movimentação de cargas destinadas ao Polo Industrial de Manaus (PIM).

chib

“Com todos os investimentos realizados em nosso terminal portuário, houve aumento da capacidade marítima, o que permite receber navios de maior porte. Isso proporcionou ao Polo Industrial de Manaus a possibilidade deste modal ser mais competitivo e ágil”, explicou o gestor.

Ainda de acordo com Fidelis, atualmente 55% da cabotagem feita é de mercadorias que entram em Manaus e o 45% restantes são mercadorias enviadas para o resto do País.

“Hoje, nossos principais destinos são os portos de Pecém (CE), Suape (PE), Sepetiba (RJ), Itajaí (SC), Paranaguá (PR) e Rio Grande do Sul”, completou Jhonhy Fidelis.

Mario Dantas