Mostra Itinerante realiza oficina gratuita de audiovisual

By -

ASS - 16-10-15 - Oficina gratuita de audiovisual (4)

O projeto “Cine Bodó – Mostra Itinerante de Audiovisual” realiza no sábado, 17, e no domingo, 18, de 9h às 17h, uma oficina de audiovisual gratuita para a comunidade.

A mostra ocorrerá na Igreja Nossa Senhora de Aparecida, na rua João Dourado, s/n, Novo Aleixo. Serão ofertadas 20 vagas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por qualquer pessoa com idade mínima de 15 anos.

ASS - 16-10-15 - Oficina gratuita de audiovisual (2)

 O projeto faz parte de uma série de intervenções realizadas pelo “Cine Bodó – Mostra Itinerante de Audiovisual”. A ideia é realizar oficinas de formação para jovens sobre produção de cinema e vídeo, para despertar neles o interesse em narrar suas próprias histórias. A ação é uma contrapartida de um dos projetos contemplados pelo Edital Prêmio Manaus de Artes Visuais, lançado em 2014 pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

 ASS - 16-10-15 - Oficina gratuita de audiovisual (3)

“A oficina visa estimular novos produtores audiovisuais para trazer voz à periferia através de técnicas de pequenos registros e formar cidadãos e consumidores de cinema e vídeo independentes. As possibilidades são enormes e hoje no Brasil se produz muito conteúdo, por isso, é necessário levar essas informações para esses jovens”, afirmou a coordenadora do projeto e realizadora audiovisual Keila Serruya.

ASS - 16-10-15 - Oficina gratuita de audiovisual (1)

 No sábado, será ministrado conteúdo técnico e estético na oficina, explicado de forma simples e objetiva. Serão exibidos alguns exemplos de produções independentes e a ideia é que os alunos visualizem em suas comunidades assuntos que possam vir a se tornar um produto audiovisual. No final, haverá um momento de planejamento e pré-produção para que, no domingo, aconteça a gravação de um vídeo de curta duração sobre a comunidade. O resultado final é livre: poderá ser um videoarte, um documentário ou uma ficção, dependendo das referências e preferências dos participantes.

 

 

 

Áida Fernandes