Moradores reclamam de descumprimento de contrato pela Direcional, na CDC-Aleam

By -

cdc-aleam-reuniao-moradoresA Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC-Aleam) realizou uma audiência, na manhã de hoje, com a Associação dos Amigos do Bem Viver Total Ville e representantes da Direcional Engenharia e Onix Incorporadora, responsável pelo empreendimento, para esclarecer o descumprimento de uma cláusula contratual referente à construção das áreas de benfeitoria do bairro planejado, localizado na estrada da Torquato Tapajós, KM 17, entregue em 2012.

Segundo a presidente da associação, Teresa Susana Ribeiro, houve mudança contratual por parte da construtora, sem aviso prévio aos moradores. “Não foram construídas as áreas de benfeitorias do bairro planejado, que incluem áreas comerciais, área de equipamentos comunitários, área de lazer, sistema viário, além de posto de saúde, escola e creche, etc, ou seja, a infraestrutura de bairro planejado, prevista em contrato. Mais de 1,5 mil famílias estão sendo prejudicadas”, ressaltou.

A advogada da Direcional, Paula Fernandes Veloso, alegou que a área de 79 mil metros quadrados, onde seriam construídos os equipamentos comunitários, foi entregue à Prefeitura de Manaus, após a solicitação da mesma. A representante solicitou um prazo de dez dias para apresentar os documentos que comprovam as alegações. Uma nova audiência para o dia 1 de abril foi marcada com a associação e a construtora para a entrega das documentações.

Roberto Brasil