Moradores do Dom Pedro pedem a retirada do Comando de Policiamento Especializado do local

By -
O comandante da CPE explicou que já existe um projeto para a mudança do local

O comandante da CPE, Coronel Cleitman, explicou que já existe um projeto para a mudança do local

Da Redação – Moradores do bairro Dom Pedro I, Devorah e Kissia, zona Centro-Oeste de Manaus, pedem a transferência do Comando de Policiamento Especializado (CPE), localizado na Rua Tiradentes, bairro Dom Pedro, para outra área. Os motivos seriam os problemas decorrentes das atividades envolvendo explosões de bombas, do barulho de sirenes – inaceitável para áreas urbanas, o aumento de insetos, principalmente moscas, devido ao mau cheiro da defecação e falta de higiene das cavalariças e a aparição de caramujo africano pela falta de capinação.

O presidente da Associação de Moradores do Conjunto Dom Pedro I, Ehud Emanuel Abensur Santos, entregou uma nota à Secretária de Estado de Segurança Pública ratificando a solicitação da transferência dos exercícios militares que envolvem bombas e sirenes no Batalhão da Cavalaria localizada na avenida, para outra área que não seja residencial.

cpe-retirada-blogdafloresta-01O documento ainda alerta sobre a existência de caramujos africanos no referido batalhão devido à falta de capinação do mato no local, situação que preocupa os moradores pelo risco de doenças não apenas com este tipo de insetos, mas pelo mau cheiro expedido em direção de todas as residências do bairro. Neste sentido foram entregues notas aos Secretários de Saúde.

De acordo com o Comandante de Policiamento Especializado, Tenente. Cnl. Cleitman Coelho, o Esquadrão de Cavalaria presta serviços de segurança para os três bairros e arredores. Explicou que há controle das fezes dos cavalos, pois estas são retiradas semanalmente e os animais são lavados. “O aumento das moscas é pela época de inverno e o mato cresce rápido com a chuva”, salientou. “Não tenho conhecimento sobre a aparição do caramujo africano e por conta disso vou ativar a Prefeitura e o Centro de Zoonose, a fim de verificar esta situação”, frisou o comandante.

cpe-retirada-blogdafloresta-04Projeto para transferência para a Zona Norte

No CPE  encontram-se um efetivo de 400 policiais, uma Escola de equitação (Tiradentes) com 38 cavalos, um Centro de excelência da policia com pessoal especializado em bombas (Marte), onde foram suspensas as práticas de explosões e o som das sirenes, e o projeto social que trabalha com crianças por meio da equitação  (Ecoterapia), para melhorar as funções motoras, informou Cleitman.

Ele explicou ainda que a situação da Rocam é provisória e no caso do Esquadrão de Cavalaria já existe um projeto, a longo prazo e ainda não definido, junto ao Governo do Estado, sobre a transferência do batalhão para a Zona Norte (próximo a Av. Margarita com Raio de Sol).

cpe-retirada-blogdafloresta-02Dona Ruth Carvalho, moradora há mais de quarenta anos no bairro, disse que o problema é diário e já leva décadas sem dar nenhum indicio de ser resolvido. Os mais afetados são as crianças (bebês) e as pessoas da terceira idade que sofrem com os barulhos das explosões e sirenes a qualquer hora e dia, inclusive em horários noturnos.

Outros moradores reclamaram da quantidade excessiva de moscas e alegam a existência de caramujos nos arredores, por conta do mato que já está na calçada e nas ruas próximas a este local. A sujeira e o mau cheiro são problemas diários, o que torna o tema um risco para a saúde de toda a população. Texto e Fotos: Mercedes Guzmán

Roberto Brasil