Moradores da Cachoeirinha cobram mais emprego e saúde

By -

Da Redação – Neste sábado (10), na Igreja Batista, localizada na avenida Carvalho Leal, nº 1186, Cachoeirinha, na zona sul de Manaus, os moradores demandaram emprego, acesso à saúde, mais segurança e iluminação nas ruas. O registro foi durante a ação social em parceria com os Amigos Solidários, onde foram disponibilizados serviços de saúde e embelezamento, entre outros.

Na área de saúde foram disponibilizados serviços de clinica geral, pediatria, enfermagem, higiene bucal, massoterapia e outros. Na área de embelezamento foram oferecidos corte de cabelo, design de sobrancelhas, limpeza de pele, maquiagem, esmaltação. A coordenadora dos Amigos Solidários, Rosa Nobre, agradeceu a parceria e aos profissionais que dedicaram seu tempo em beneficio do próximo.

Marta Matos Dourado, moradora do local há 30 anos, disse “aqui a dificuldade maior é o trabalho, faltando emprego. Muita gente esta passando fome. Temos muito assalto, falta segurança e as crianças não podem nem ir à escola”.

O Doutor Everaldo Pereira, que atendeu uma centena de crianças, com apoio dos acadêmicos da Uninorte, afirmou que estão trabalhando na área preventiva da odontologia, com as crianças, cuidando da origem da cárie, falando da importância de escovar os dentes e usar o fio dental. “Orientamos aos pais que devem supervisionar seus filhos, pois são responsáveis do acompanhamento deste hábito para prevenir doenças da boca”.

“Queremos ser uma igreja transparente e nesta ação servir as pessoas carentes, sabemos que precisam de atenção especialmente na saúde, embora seja um bairro comercial há áreas que necessitam do nossa ajuda e encaminhamos para as especialidades”, afirmou o pastor da Igreja Batista Cachoeirinha, Sérgio Botineli.

O diácono Jetro Araújo destacou os 73 anos da igreja. “Nos três últimos anos temos realizado trabalho comunitário e também com as missões, estamos felizes com a ação social em parceria com os Amigos Solidários”. Informou ainda que os moradores têm reclamado da segurança, saneamento básico, saúde e falta de iluminação nas ruas. Reconheceu também que a falta de emprego é preocupação constante dos moradores deste bairro.///Mercedes Guzmán

 

Roberto Brasil