Mistério: Veículo clonado invade faixa azul usando adesivo municipal

By -
O  veículo misterioso tinha adesivo da prefeitura e placa clonada

O veículo misterioso transitava tranquilamente hoje pela manhã na Constantino Nery

A Prefeitura de Manaus, por meio da Casa Militar, registrou um boletim de ocorrência na tarde desta sexta-feira (20), para que sejam apuradas origem e propriedade de um veículo Hilux de placa clonada JWX 0764 que circulava pela manhã de ontem na faixa Azul da avenida Constantino Nery, com adesivo de “A Serviço da Prefeitura de Manaus – Casa Militar”.

Após buscas na própria Casa Militar e na Secretaria Municipal de Administração (Semad), foi constatado que o veículo não está registrado entre aqueles contratados para prestar serviços ao município e nem pertence à frota própria da prefeitura.

O Manaustrans constatou que a placa é de um Corsa

O Manaustrans constatou que a placa é de um Corsa

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), por sua vez, constatou que a placa utilizada pela Hilux é, na verdade, pertencente a um carro da marca Corsa, de cor cinza, registrado em nome de pessoa física. A Prefeitura não realiza contrato de aluguel de veículos com pessoas físicas.

Outro fato que chamou a atenção é que o adesivo, com a logomarca da Prefeitura, está colocado sobre a parte superior do veículo – capô – caracterizando a fraude uma vez que contraria as normas do manual de identidade visual da Prefeitura Municipal de Manaus, que determina a identificação dos veículos municipais nas laterais, exatamente sobre as duas portas dianteiras.

O caso vai ser investigado  pela Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV)

O caso vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV)

A Casa Militar dispõe de apenas três veículos da marca Hilux, modelo 2015 – diferente do carro fotografado em situação de flagrante desrespeito à lei, que é de modelo mais antigo. Dois desses veículos atuam na segurança do prefeito e outro está à disposição da Defesa Civil. Todos os três veículos a serviço da Casa Militar têm, sobre o capô, uma entrada de ar, exatamente onde, no veículo fotografado, está o adesivo.

O Boletim de Ocorrência foi feito no 21° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Compensa, zona Oeste, pelosubsecretário da Casa Militar, tenente coronel Darcelo Cavalcante Gomes. O caso foi encaminhado pelo delegado Leonardo Valencia para a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), na avenida Nilton Lins, Parque das Laranjeiras.

Roberto Brasil