Ministro evitou comentar decisão de revogar prisão de Delcídio Amaral

By -

delcidio_preso

Em sua decisão de revogar a prisão preventiva do senador Delcídio Amaral, o ministro Teori Zavascki (STF) negou duas solicitações da Procuradoria Geral da República: a de não ter contato com outros investigados e a de usar tornozeleira caso perca o mandato.

Teori evitou se posicionar sobre o futuro, já que só vai depender do Senado a decisão sobre a cassação do mandato de Delcídio. Sobre a outra decisão, seria difícil permitir a volta de Delcídio ao Senado impedindo a conversa dele com outros colegas de Casa. Afinal, outros 13 senadores são investigados pela Operação Lava Jato, inclusive o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Mario Dantas