Ministério Público se manifesta contra Roque

By -

roque2

O ex-prefeito de Apuí Antônio Roque Longo teve suas contas do ano de 2007 reprovadas pela Câmara Municipal de Apuí, que justificou a reprovação com base no Parecer emitido pelo Tribunal de Contas. A razão da reprovação foi a Lei da Ficha Limpa.

Indeferida sua candidatura pelo juiz Eleitoral, Roque recorreu e mantém até então sua candidatura sob análise da justiça.

Esta semana o Ministério Público da União manifestou-se pelo indeferimento de sua candidatura, afirmando não caber  recurso contra decisão da Câmara Municipal de Apuí.

Como as urnas já estão configuradas é bem provável que, mesmo que sai uma decisão definitiva até domingo, cassando a candidatura de Roque, este ainda tenha sua foto na urna. No entanto, diante da análise do Ministério Público é muito provável que Roque será barrado sim pela Lei da Ficha Limpa, ou seja, ao que tudo indica, todos os votos que, porventura, forem dados a Roque serão anulados pela Justiça Federal.

 

Mario Dantas