Ministério Público denuncia cunhado de Ana Hickmann por homicídio doloso

By -
Ana Hickmann ao lado de seu cunhado Gustavo Henrique Bello Correa

Ana Hickmann ao lado de seu cunhado Gustavo Henrique Bello Correa

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais ofereceu nesta quinta-feira denúncia por homicídio doloso (quando há intenção de matar) contra o cunhado da apresentadora Ana Hickmann, Gustavo Henrique Bello Correa, de 35 anos, pela morte de Rodrigo Augusto de Pádua, 30, o fã obcecado que atacou a modelo em um hotel em Belo Horizonte, em maio deste ano.

A denúncia contraria as conclusões da Polícia Civil. Em 20 de junho, o delegado responsável pelo caso, Flávio Grossi, pediu o arquivamento do inquérito, dizendo que o cunhado da apresentadora agiu em legítima defesa. Na denúncia oferecida à Justiça, o promotor Francisco de Assis Santiago afirma que Correa excedeu a condição de legítima defesa e praticou homicídio doloso. Para a promotoria, a principal prova do crime é que Pádua morreu com três tiros na nuca.

(Com Estadão Conteúdo)

Roberto Brasil