Metas do Plano Municipal de Educação são discutidas com lideranças religiosas na Câmara

By -
Acho que foi um debate produtivo, afirmou Kátia Schweickardt

Acho que foi um debate produtivo, afirmou Kátia Schweickardt

As metas e estratégias para a formação do primeiro Plano Municipal de Educação – PME foram mais uma vez debatidas, nesta quinta-feira, 18, na Câmara Municipal de Manaus (CMM).  O projeto, que contem 20 metas e 216 estratégias para a criação do Plano, está tramitando em regime de urgência na Câmara desde a última terça-feira, 16, e deve ser submetido à votação até a próxima quarta-feira, 24.

A reunião desta quinta-feira foi solicitada por grupos religiosos e contou com a presença da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, e de membros do Fórum Municipal de Educação (FME). As igrejas solicitaram a reunião para propor a exclusão de ações relacionadas ao termo ‘Ideologia de Gêneros’, como está no projeto.

“Eles estão sugerindo a retirada deste termo, uma terminologia de dentro do Plano Municipal de Educação que eles consideram aviltante em relação às questões da família, da constituição da família. Nós como secretaria, eu como secretária, não posso me furtar ao debate. Aliás, acho que foi um debate produtivo, pois todas às vezes que nos aproximamos da sociedade é para escutá-la e tentar construir consensos possíveis. A democracia avança e podemos dar mais qualidade ao projeto de educação que nós queremos para Manaus nos próximos dez anos”, informou.

camara-pme 1A reunião contou, ainda, com a presença dos vereadores que expuseram suas opiniões sobre as metas debatidas.

De acordo com o coordenador do FME, Rosélio Souza, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o FME já passaram pela parte detalhada do PME, que foi o momento de criação.

“O FME está desempenhando o papel de acompanhar esse debate na Câmara. Estamos dando explicação para a sociedade, para aqueles que não tiveram acesso ou que não participaram diretamente da construção do PME. E como a Câmara é a casa do povo, cabe aos vereadores à competência para sugerir algumas mudanças, algumas emendas às estratégias”, destacou.

Audiências Públicas

A Comissão de Educação (Comed) da Câmara Municipal de Manaus (CMM), presidida pela vereadora Therezinha Ruiz, já havia promovido sete audiências públicas em todas as zonas da cidade para debater as metas e estratégias para a criação do PME. Além das audiências públicas, o projeto foi disponibilizado por meio digital no site da Semed para consulta pública, onde toda a sociedade teve a oportunidade de sugerir alterações das metas e estratégias.

Roberto Brasil