Memorial homenageia vítimas do acidente de 28 de março na Djalma Batista

By -

Foto: Mário Oliveira

A Prefeitura de Manaus inaugurou um memorial nesta quinta-feira, 28/03, embaixo do viaduto Ayrton Senna, em homenagem às vítimas fatais do acidente ocorrido na avenida Djalma Batista, no dia 28 de março de 2014, que tirou a vida de 16 pessoas.

Na ocasião foi realizado um Culto Ecumênico em homenagens às vítimas e em Ação de Graças pelos sobreviventes. O prefeito Artur Virgílio Neto foi a solenidade acompanhado da primeira dama do município e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro. Ele lembrou que a tragédia chocou a cidade de Manaus e o motivou a criar a Semana Municipal de Prevenção e Combate à Violência no Trânsito que este ano teve sua quarta edição.

“Esta data nunca deve ser esquecida para que sirva de alerta ao combate as imprudências no trânsito. Por isso instituímos uma Semana Municipal para intensificarmos as ações que realizamos todos os dias do ano. Queremos um povo mais consciente no trânsito e estamos trabalhando muito forte para isso ”, disse Artur.

Raimundo Nonato de Moraes participou da cerimônia para homenagear seu filho Robert da Cunha Moraes. Em meio a dor da perda e da luta por justiça, encontrou forças para pedir paz no trânsito. “Por favor, você que dirige não beba. A bebida não combina com a direção. Preserve vidas”, alertou. 

Semana de Trânsito

A 4ª Semana Municipal de Prevenção e Combate à Violência no Trânsito está sendo realizada essa semana com diversas atividades direcionadas aos condutores, pedestres, motociclistas e ciclistas, para reforçar atitudes que resultem em um trânsito mais seguro e responsável.

Todo o trabalho está sendo coordenado por educadores e agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans). As atividades, com o slogan “Nós somos o trânsito”, reforçaram a importância de que todos devem ter atitudes responsáveis para promover um trânsito mais seguro a partir de uma mudança de comportamento.

O slogan é definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para ser usado nas ações trânsito de todo o Brasil.

Redução de vítimas

De acordo com o relatório de acidentes de trânsito da Diretoria de Educação de Trânsito e Estatística do Manaustrans, houve uma redução de 17,31% de vítimas fatais no trânsito de Manaus, no período de 01 de janeiro a 22 de março, em comparação com os anos 2017 X 2018. (52 X 43).

O mês de março aponta uma redução de 63,16% de vítimas fatais no trânsito de Manaus, no comparativo de 1 a 22 de março, 2017 X 2018, com 19 e sete vítimas, respectivamente.

Durante o ano de 2017, a avenida Autaz Mirim ocupou o primeiro lugar de vítimas fatais em acidentes de trânsito, com 13 mortes. Somente no mês de março, cinco pessoas morreram em acidentes de trânsito nessa avenida.

Em 2018, até o dia 19 de março, não foi registrada vítima fatal no trânsito na Autaz Mirim. “ Isso é consequência de um trabalho de investimento na educação, conscientização e prevenção que agora se traduz em resultados. Foram realizadas muitas ações em escolas, em empresas e nas ruas com motoristas, motociclistas, pedestres e ciclistas“, disse o diretor-presidente do Manaustrans, Franklin Pinto.

A Semana foi instituída pelo prefeito Artur Virgílio Neto, em 2014, para que o acidente que resultou na morte de 16 passageiros de um micro-ônibus que trafegava na av. Djalma Batista, no dia 28 de março daquele ano, sirva de alerta para combater a imprudência no trânsito.

Roberto Brasil