Maués comemora produção agrícola com entrega da central de alimentos

By -

 

DSC_6711 (Copy)Merenda escolar saudável aos alunos da rede municipal e a garantia de renda aos produtores, são as principais vantagens no modelo de gestão do governo de Maués, que entregou na manhã desta terça-feira (19), a Central de Alimentos.

A iniciativa faz parte do Plano Municipal de Inclusão Produtiva, da Secretaria Municipal de Produção em parceria com a Secretaria de Educação que comprova os investimentos na produção agrícola.

A Central vai armazenar produtos da agricultura familiar e os demais alimentos da merenda escolar.

A Prefeitura destina 30% de recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, ou seja, o investimento é de quase R$ 1 milhão de reais, que tem incentivado cooperativas e produtores legalizados a participarem do pregão eletrônico para ter acesso às vendas.

maues-producao-agricola-colagem 01“Não tínhamos mercado e com os 30 % da merenda motivou a plantar mais. Com isso nossa renda aumentou. Sempre trabalhei na agricultura, e foi de 2013 pra cá que essa compra melhorou, agora temos venda garantida”, ressaltou o produtor Adeilson Gomes, “Dedeco”.

Semanalmente, chega a Central cerca de 2 mil quilos de produtos agrícolas, entre banana, macaxeira, melancia, jerimum, abacaxi, cheiro verde, maxixe e outros. Cada produtor chega a ganhar cerca de R$ 20 mil por ano de acordo com dados da SEPROR/Maués.

O resultado comprovado de que a produção agrícola é a porta do desenvolvimento, foi confirmada pelo produtor José Sena, da Comunidade Nova Galiléia, Médio Apocuitaua.

maues-producao-agricola-colagem 02“Consegui comprar meu barco para transportar os produtos. Tenho dois filhos na faculdade em Manaus, ajudo eles com esse recurso. Mudou minha história porque hoje temos apoio da Prefeitura que compra nossos produtos”, assegurou.

A Secretaria da Sepror Maués Rita Ferreira ressaltou todo apoio dado aos produtores. “Hoje Maués é um exemplo porque compra um volume gigantesco de produtos, graças ao compromisso que temos com o desenvolvimento do setor primário”, declarou.

Para o Secretário de Educação, Luiz Gonçalves, a Prefeitura não construiu obras faraônicas, mas investiu na humanidade. “Foram criados espaços e ambientes que mudaram a vida das pessoas. Hoje estamos consolidando ações do governo voltado para a produção e que atende os mais de 12 mil alunos da rede municipal com a merenda escolar”, disse.

Mario Dantas