Marqueteiro do PT nega irregularidades

By -


Investigado por trazer 16 milhões de dólares em 2012, o marqueteiro do PT, João Santana, divulgou um vídeo negando irregularidades na operação realizada de Angola para o Brasil. 

De acordo com Santana, o dinheiro é parte do que teria sido pago pela campanha eleitoral vitoriosa que ele fez para João Eduardo Santos, presidente de Angola. Ele ainda garante que pagou os impostos para trazer o recurso ao país e promete ir à Justiça em busca de retratação pelos danos à imagem dele.

Enquanto isso, partidos de oposição no Congresso defendem uma investigação da Polícia Federal. A suspeita é de que o valor teria servido para cobrir uma dívida do PT na campanha do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

O deputado Rubens Bueno, líder do PPS, relacionou as suspeitas com o fato de o governo ter investido em obras no país africano com recursos do BNDES. BAND

Roberto Brasil