Mário Frota discute com empresários um novo horário para comércio do Centro da Cidade

By -
Segundo a proposta de Mário Frota, o comércio do centro da cidade deve começa a funcionar a partir das 9h

Segundo a proposta de Mário Frota, o comércio do centro da cidade deve começa a funcionar a partir das 9h

À convite da diretoria da Associação Comercial do Amazonas (Aca), o vereador Mário Frota, líder do PSDB na Câmara Municipal de Manaus (CMM), participou de uma reunião com lideranças dos empresários do comércio com a finalidade de discutir um novo horário para funcionamento das lojas do centro da cidade para amenizar os gargalos do trânsito no local. A reunião na Aca foi provocada depois que Mário Frota realizou uma Audiência Pública no plenário da CMM, no último dia 7, onde discutiu a mudança de horário do comércio com empresários do setor, autoridades dos transportes e representantes da prefeitura de Manaus.

A proposta do parlamentar, apresentada como forma de indicação ao prefeito de Manaus, propõe que o comércio do centro da cidade comece a funcionar a partir das 9h, juntamente com as secretarias do município. “Também já apresentei projeto, em forma de indicação, ao governo, propondo a mudança de horário de funcionamento das secretarias de estado. Agora pretendo me reunir concomitantemente com o prefeito Arthur Neto, o governado José Melo e lideranças do comércio para firmarmos oficialmente essa parceria, que já tem a adesão do empresariado local e de algumas autoridades do setor de transportes”, afirma Mário Frota.   

mario-frota-e-aca-02De acordo com Ismael Bichara, presidente da Aca, a maioria dos comerciantes do centro da cidade concordam com a mudança de horário do comércio, mas enfatiza que o prefeito Arthur Neto e o governador José Melo, deveriam voltar suas atenções, também, para essa área que, a partir das 18h fica abandonada, sem segurança e iluminação pública. “À noite o centro de Manaus fica praticamente abandonado. Já foram realizados vários assaltos a clientes, empresários e nas lojas, mesmo depois de fechadas, devido a pouca iluminação pública e da falta de policiais fardados para manter a ordem e a segurança no centro da capital”, denuncia.

Para o empresário José dos Santos Azevedo, diretor presidente do grupo TV Lar, nas primeiras horas da manhã o movimento do comércio no centro é muito fraco e começa a melhorar a partir das 9h, à exceção do Mercado Municipal e da feira da Manaus Moderna, que tem um horário que não atrapalha o trânsito, pois esses comerciantes iniciam seus expedientes, em alguns casos, às 5h e às 17h já estão voltando para suas casas. “Nós, empresários, podemos reduzir o horário do almoço, que é duas horas, para apenas uma, de segunda à sexta-feira, mantendo o mesmo horário do término do expediente, mesmo porque alguns funcionários do comércio estudam à noite, muitos até estão cursando faculdades. As cinco horas acumuladas durante a semana, seriam compensadas aos sábados, no turno vespertino, sem prejuízos aos empresários ou aos trabalhadores”, ensina José Azevedo.

Roberto Brasil