Marinha apresenta números parciais da “Operação Parintins”

By -
Até o momento, 114 embarcações já foram abordadas

Até o momento, 114 embarcações já foram abordadas

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), divulgou nesta quinta-feira, 25 de junho, os números parciais de embarcações abordadas durante  a “Operação Parintins”. A Operação, que tem como propósito garantir a segurança do tráfego aquaviário no Rio Amazonas durante o período que antecede o tradicional Festival, teve início, no dia 23 de abril, com o agendamento das Vistorias Especiais, visando a obtenção do Passe, um documento que agiliza os procedimentos no posto de fiscalização.

Até o momento, 114 embarcações foram abordadas no Posto de Fiscalização da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) em Manaus (Encontro das Águas), sendo 58 com destino ao município de Parintins e que apresentaram o “PASSE”.

As abordagens estão sendo realizadas em outros dois postos de fiscalização, localizados em Itacoatiara e Parintins.

Nessa Operação, a Marinha está empregando cerca de 450 militares; 03 Navios-Patrulha Fluvial e 01 Navio de Assistência Hospitalar subordinados ao Comando da Flotilha do Amazonas; 02 Aeronaves do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral; e 19 embarcações de Inspeção Naval da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) e das Agências Fluviais de Parintins e Itacoatiara.

A Marinha conta com a colaboração da população para garantir a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana nos rios e a proteção ambiental dos recursos hídricos da Amazônia e divulga dez normas, essenciais para a navegação, e os telefones gratuitos para denúncias ou pedidos de socorro em toda a Amazônia Ocidental.

Dez normas essenciais para a navegação

1. Faça a manutenção preventiva e correta da sua embarcação;

2. Tenha a bordo o material de salvatagem prescrito pela Capitania;

3. Respeite a lotação da embarcação e tenha a bordo coletes para todos;

4. Mantenha os extintores de incêndio em bom estado e dentro da validade;

5. Mantenha seus equipamentos de comunicação sempre funcionando;

6. Conduza a embarcação com prudência e dentro dos limites de velocidade;

7. Não conduza a embarcação alcoolizado;

8. Mantenha distância das margens, praias e de banhistas;

9. Respeite a vida, preste socorro; e

10. Não polua.

Telefones gratuitos para denúncias ou pedidos de socorro

Socorro e Salvamento: 185

Disque Denúncia: 0800 280 7200

Roberto Brasil