Marinha apreende embarcação irregular no Porto da Panair

By -

A equipe de Inspeção Naval da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC), durante as suas atividades diárias de Inspeção Naval, apreendeu nesta quarta-feira, 06 de setembro, por volta das 19h, uma embarcação de transporte de passageiros e carga, em Manaus.

A embarcação que faria o trajeto de Manaus a Autazes, encontrava-se com várias irregularidades, sendo que as de maior agravante foram: o transporte de carga perigosa com mais de 2.500 litros de combustível no porão infringindo o Artigo 22, Inciso 3, do Regulamento da Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (RLESTA) e condutores com a habilitação abaixo da categoria exigida pelas Normas da Autoridade Marítima (NORMAM).

Os 45 tambores de combustível, encontrados na embarcação, foram retirados e levados a um Pontão e os passageiros desembarcaram no Porto da Manaus Moderna.

A embarcação foi apreendida pela Capitania e um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do ocorrido.

A CFAOC realiza, diariamente, a Inspeção Naval na orla da cidade, do Encontro das Águas até a Praia do Tupé, a fim de fiscalizar o cumprimento das Leis e Normas da Autoridade Marítima, bem como, orientar os navegantes quanto à Segurança da Navegação e o estado de conservação da sinalização náutica. Além disso, ressalta-se que a formação de fluviários pelo Centro Técnico de Formação de Fluviários da Amazônia Ocidental (CTFFAO) e o rigor na vistoria das embarcações inscritas pela Capitania dos Portos têm contribuído para a redução de acidentes.

Vale ressaltar, que uma navegação segura nos rios da Amazônia, compete, também: aos proprietários e condutores das embarcações, que precisam seguir as Normas da Autoridade Marítima; e aos passageiros, que devem escolher embarcações registradas na Capitania e denunciarem os casos de irregularidades pelos telefones (92) 99302-5040, que também funciona como WhatsApp, e ainda pelos números Marinha – Emergências Marítimas/Fluviais – 185, e Disque Denúncia – 0800 280 7200.

Roberto Brasil