Marcos Rotta cobra fiscalização das barragens do Pitinga

By -

_MG_5920

O deputado federal Marcos Rotta (PMDB-AM) solicitou que o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) envie uma equipe técnica para fiscalizar as barragens de mineração do Pitinga, em Presidente Figueiredo, município amazonense a 117 quilômetros de Manaus.
Dez das 16 barragens diagnosticadas pelo DNPM no Brasil como de alto risco estão localizadas no Pitinga, de acordo com matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo.

No ofício, encaminhado pelo parlamentar ao departamento nesta sexta-feira (20), o parlamentar do Amazonas ressalta que a medida é de “extrema urgência”, já que o último estudo foi realizado em abril de 2014.

“Após o rompimento da barragem da Samarco em Mariana, no interior de Minas Gerais, é necessário que haja um planejamento sobre a prevenção desses desastres em outros possíveis locais”, apontou Rotta.

O deputado solicita ainda acesso ao resultado da operação de fiscalização e das providências tomadas pela Mineração Taboca, responsável pela exploração, para sanar os problemas.

“Queremos saber se a empresa atua em prol da segurança da população que trabalha e mora próximo aos locais de exploração, se há risco à saúde dessas pessoas e ao meio ambiente”, informou o parlamentar.

Risco – Além do Amazonas, o levantamento do DNPM aponta problemas em barragens em Barbacena e Ipixuna do Pará (PA) e em Ouro Preto e Nazareno (MG).

As informações utilizadas para a classificação de risco são de responsabilidade das empresas exploradoras. Em Pitinga, a exploração principal é de estanho, mas há extração outros minerais.

Mario Dantas