Marcelo Ramos reúne com jovens líderes

By -

O candidato a vice-governador Marcelo Ramos (PR) participou, na noite desta quarta-feira (21), de encontro com jovens lideranças políticas, na sede do PMDB, no bairro do Parque Dez, Zona Sul de Manaus.

No encontro, foram discutidas políticas públicas para a juventude amazonense e apresentadas propostas do plano de governo da coligação União pelo Amazonas para o segmento, como o retorno de programas voltados para a geração de emprego e renda, combate a drogas e outras questões negligenciadas nas últimas gestões governamentais.

Participaram da reunião a deputada estadual Alessandra Campelo (PMDB), a vereadora Joana D’Arc, além de lideranças da juventude de partidos da coligação, que tem como candidato majoritário o senador Eduardo Braga (PMDB), e de representantes de movimentos sociais.

O candidato a vice-governador, que militou no movimento estudantil, se mostrou tão entusiasmado quanto a plateia, predominantemente formada por estudantes e jovens profissionais.

“Eu sou jovem e me sinto ainda mais jovem no meio dessa galera, uma galera que tem muita identidade com a minha vida. Minha vida é vinculada ao movimento estudantil, às lutas da juventude”, disse Marcelo, que vem defendendo a união entre sua energia e juventude com a experiência de Eduardo Braga.

“Eu tenho certeza que junto com o Eduardo, com a minha dedicação, meu vigor, e com minha energia meio juvenil, nós vamos conseguir superar essa crise e inaugurar um novo tempo e fazer com que a nossa juventude resgate a esperança de dias melhores”, acrescentou.

Para a deputada estadual Alessandra Campelo, esse tipo de “encontro de gerações” é fundamental.  “A gente não pode iniciar uma campanha sem ouvir a juventude, que hoje precisa de emprego, de escolas de tempo integral, a juventude do nosso estado hoje também

 

está abandonada na área da saúde, os jovens estão sendo abandonados e roubados pelo crime organizado e pelas drogas”, disse a parlamentar.

O estudante Thiago Coelho, da juventude do PMDB, também vê a situação da juventude amazonense com preocupação e o diálogo com os mais novos como caminho para uma solução em conjunto para o problema.

“Foi muito importante esse momento de poder estar falando sobre os problemas da juventude no nosso estado. A gente vem de um momento muito turbulento no estado, em que a juventude está sendo assassinada, perdida para as drogas e pra criminalidade e agora a gente passa pra um momento de trazer as propostas, ouvir a sociedade, ouvir os jovens, e trazer pra essa luta, uma luta pra um momento diferente na construção de um novo estado”, disse Thiago.

Mario Dantas