Manaustrans autua carreta envolvida em acidente com ônibus

By -
A carreta circulava em área restrita com carga acima das dimensões permitidas

A carreta circulava em área restrita com carga acima das dimensões permitidas (Foto: Ed Santos/Trânsito Manaus)

A carreta envolvida no acidente com um ônibus da linha 300/640, registrado na manhã desta quarta-feira, 22, na avenida Constantino Nery, foi autuada pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), por circular em área restrita com carga acima das dimensões permitidas. A fiscalização do Manaustrans estava na avenida e, além de constatar a infração, agiu imediatamente no monitoramento do tráfego após o acidente.  

A colisão bloqueou o trânsito na Constantino Nery, no sentido bairro/centro. Doze agentes do Manaustrans desviaram o tráfego para as avenidas Djalma Batista e Mario Ypiranga Monteiro (antiga Recife). Foram mobilizados agentes das bases operacionais Centro-Oeste, Centro-Sul e da Diretoria de Operações de Trânsito (DOT).

Em cinco dias, 796 caminhões foram autuados pelo Manaustrans (Foto: J. Renato Queiroz/ACrítica)

Em cinco dias, 796 caminhões foram autuados pelo Manaustrans (Foto: J. Renato Queiroz/ACrítica)

Às 10h15 da manhã a avenida Constantino Nery foi totalmente desbloqueada, com a retirada dos veículos da via. O acidente está sendo investigado pela Delegacia de Perícia da Polícia Civil.

Fiscalização – A fiscalização do Manaustrans na circulação de carretas e veículos de grande porte é diária. A ação é realizada não só nas vias com Zona Máxima de Restrição de Circulação (ZMRC) como também em outras vias para observar a obediência da circulação obrigatória na faixa da direita para veículos de grande.

No período de cinco dias (de 06 a 10 de outubro) 796 caminhões foram autuados durante operações diárias realizadas pelo Manaustrans.

A colisão bloqueou o trânsito na Constantino Nery por aproximadamente uma hora (Foto J. Renato Queiroz/ACrítica)

A colisão bloqueou o trânsito na Constantino Nery por cerca de uma hora (Foto: J. Renato Queiroz/ACrítica)

Na avenida Efigênio Sales, no período acima descrito, 661 caminhões foram autuados por tráfego pelo lado esquerdo da via. Nas avenidas Constantino Nery e Djalma Batista (ambas com ZMRC), 135 veículos pesados foram autuados.

Punição – De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar com veículos com dimensões ou cargas superiores aos limites estabelecidos legalmente ou pela sinalização, é infração grave, equivalente a cinco pontos na Carteira de Habilitação, com multa no valor de R$ 127,69 e retenção do veículo. O caminhão que circular em locais e horários não permitidos pela regulamentação estabelecida, a infração é média, com multa no valor de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH.

Roberto Brasil