Manauscult promove a 13ª Semana dos Museus

By -

13-semana-museusCom o tema “Museus para uma sociedade sustentável”, a 13ª edição da Semana dos Museus será realizada na capital amazonense pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). A programação variada, com visitas, exposições e palestras, acontecerá de 18 a 24 de maio, no Paço da Liberdade (Rua Gabriel Salgado, s/n° – Centro Histórico).

O evento acontece simultaneamente em todo o Brasil, sob a chancela do Instituto Brasileiro dos Museus (Ibram), e é realizado todos os anos para comemorar o Dia Internacional de Museu, com data oficial em 18 de maio.  “A proposta é reforçar e difundir o papel social desses espaços culturais que guardam a memória e a história da nossa cidade, além de atrair o público para conhecer e ver que, além das exposições, nos museus ocorrem atividades e apresentações artísticas”, disse o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula.

“Museus para uma sociedade sustentável” é o tema lançado para a semana pelo Conselho Internacional de Museus para enfatizar a atuação  desses espaços no processo de fomento à sustentabilidade: seja por meio de suas boas práticas de atuação, seja pela conscientização do público sobre a necessidade de uma sociedade mais cooperativa e solidária.

Programação

Na capital amazonense, a programação inicia no dia 18 com a palestra “Museus em Manaus”  com a servidora da Manauscult  Rila Arruda da Costa. Autora do  livro “Museus do Amazonas”, a ministrante é mestra em Sociologia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e tem experiência com pesquisas na área de museus. A palestra será das 15h30 às 17h.

No dia 22, também no horário de 15h30 às 17h, haverá a palestra “Museus Arqueológicos” com Vanessa Benedito. Ela é graduada em História e tem experiência de mais de dez anos no campo da Arqueologia.

A 1ª Mostra de Artes Visuais também integra a programação da 13ª Semana dos Museus. Pela primeira vez, o Paço da Liberdade abre as portas para uma exposição de arte que reúne 14 obras de 11 artistas amazonenses e uma obra de autoria coletiva, reunidas em uma variedade de novos conceitos artísticos em um espaço de experimentação.

Hadna Abreu, Darlan Guedes, Francisco Rider, Monik Ventilari, Paulo Trindade, Evaldo Vasconcellos e Sarah Farias, Afrânio Santos, Fabiano Barros, Keila Serruya, Priscila Pinto, Diego Jonatã e o Coletivo Paxiúba compõem a ficha técnica de artistas com obras contempladas na mostra.

Roberto Brasil