Manaus terá duas Unidades Básicas de Saúde Fluvial

By -

12-07-16-Prefeito-Balsas UBS.Foto-Alex Pazuello (1)

Manaus está prestes a ganhar duas Unidades Básicas de Saúde Fluviais (UBSF) para atender 14 comunidades da zona Ribeirinha do município e levar serviços de saúde de atenção primária a aproximadamente seis mil pessoas. As UBSFs são resultado de um convênio entre a Prefeitura de Manaus e o Ministério da Saúde (MS) no valor de R$ 4.057.032,34.

12-07-16-Prefeito-Balsas UBS.Foto-Alex Pazuello (7)

Na manhã desta terça-feira, 12, o prefeito Arthur Virgílio Neto visitou, juntamente com técnicos do MS, os trabalhos de construção das embarcações que estão sendo feitas em um estaleiro Bibi, no bairro Colônia Oliveira Machado, na zona Sul.

“As UBSs fluviais vão servir muito a zona Ribeirinha e espero ver em breve essas embarcações atendendo as comunidades nos rios Negro e Amazonas. Estamos com muitas obras em diversos campos gerando empregos, assim como fazemos no estaleiro do Bibi, que é uma empresa de Manaus”, disse o prefeito.

12-07-16-Prefeito-Balsas UBS.Foto-Alex Pazuello (11) (1)

Responsável pelas UBSs, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estima que as embarcações estarão em atividade nos próximos três meses. As novas unidades seguem o padrão exigido pelo MS e irá dispor do mesmo atendimento das novas UBSs inauguradas recentemente pela prefeitura.

“No máximo em noventa dias teremos essas unidades navegando e oferecendo consultas médicas, serviços odontológicos, vacinas e todo o serviço de medicina preventiva que faz a atenção primaria em nossa rede de saúde”, informou o secretário de saúde Homero de Miranda Leão.

As duas Unidades Básicas de Saúde Fluviais contarão com consultórios médicos, de enfermagem e odontológico; ambiente para armazenamento e dispensação de medicamentos; laboratório; sala de vacina; banheiros; cabines com leitos em número suficiente para toda a equipe; cozinha; sala de procedimentos e recepção.

O serviço beneficiará diretamente seis mil moradores das comunidades Nossa Senhora do Livramento, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora Auxiliadora (Tarumã-Açú), Nova Esperança do Apuaú, Nova Jerusalém (Mipindiaú), São Sebastião (Cuieiras), Santa Maria, Costa do Arara e Tupé, localizada ao longo do rio Negro; e as comunidades Nossa Senhora da Conceição (Lago do Arumã), Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Bonsucesso, São Francisco (Guajará) e Jatuarana, ao longo do rio Amazonas.

Serão disponibilizadas consultas médicas, de enfermagem e odontológicas, ações de imunização, exames dermatológicos, exames laboratoriais, serviço social e entrega dos produtos do programa Leite do Meu Filho nas comunidades. Os barcos promoverão atendimentos com médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem, atendente de consultório dentário, auxiliar de dermatologia clínica, bioquímico, farmacêutico, auxiliar de patologia clínica e assistente social.

Mario Dantas