Manaus recebe réplica da Tocha das Olimpíadas 2016 neste sábado (14)

By -
A visitação será aberta das 11h às 13h e das 14h às16h

A visitação será aberta das 11h às 13h e das 14h às16h

A réplica oficial da Tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2016 chega a Manaus neste sábado, 14, e ficará exposta ao público no Centro de Formação de Voluntários, na Universidade Estácio, na avenida Djalma Batista, durante o último dia da etapa de entrevistas presenciais com os candidatos. A capital amazonense é a segunda cidade do País a receber o fogo olímpico.

“É uma honra para nós recebermos este símbolo olímpico que no próximo ano marcará a contagem regressiva para os jogos que o País vai sediar. É um momento histórico para nós enquanto nação e para os amazonenses, que teremos a oportunidade de vivenciar esse espírito olímpico no revezamento da Tocha”, afirmou o diretor presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, um dos representantes municipais junto ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016. ”, afirmou o diretor presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, um dos representantes municipais junto ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

No local, o público terá a oportunidade de tirar fotos com a tocha, bem como os candidatos a voluntários, inclusive os que já realizaram a entrevista de seleção. Aproximadamente três mil interessados inscreveram-se para as 1,5 mil vagas de atuação na Arena da Amazônia, que receberá seis jogos do torneio de futebol Olímpico – quatro do masculino e dois do torneio feminino. As inscrições para o Programa de Voluntários Rio 2016 encerraram-se no dia 31 de outubro.

A visitação será aberta das 11h às 13h e das 14h às16h, mesmo horário das turmas programas para entrevista de seleção. Para estas, recomenda-se chegar com 30 minutos de antecedência, portando documento de identidade ou passaporte (estrangeiros).

O Centro foi inaugurado no dia 20 de outubro em parceria com a Estácio de Sá – Unidade Djalma Batista. No local, os voluntários têm o primeiro contato presencial com o Comitê, participam de dinâmicas de grupo e atividades para que comecem a entrar no clima dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Roberto Brasil