Manaus pode ganhar um novo Terminal Rodoviário Internacional

By -
Sinésio Campos na audiência pública para debater a situação da rodoviária de Manaus

Sinésio Campos na audiência pública para debater a situação da rodoviária de Manaus

Abandonado pelos poderes públicos executivos estadual e municipal, que se eximem da responsabilidade de gerir o local, o Terminal Rodoviário Internacional de Manaus deixou de ser o que seu nome propõe: uma rodoviária. Esta é a avaliação do deputado estadual Sinésio Campos (PT), feita durante audiência pública de autoria dele, nesta quinta-feira (12), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas.

A audiência serviu para convocar as autoridades públicas “a fazer algo para melhorar a Rodoviária, ou até construir uma nova”, como afirmou Sinésio. “Aquilo não é mais uma Rodoviária; é um ninho de pombos”, emendou.

A reunião teve participação do coordenador da Câmara de Engenharia Civil do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Amazonas (Crea/AM), José Nildo Cavalcante, que afirmou categoricamente: “Essa Rodoviária não existe. Não temos Rodoviária em Manaus. Tem qualquer outra coisa lá. Aquele local não pode ser chamado de Rodoviária”.

Cavalcante, apoiado por representantes de outras entidades da sociedade civil e órgãos públicos que participaram da audiência, defende a construção de um novo terminal. “Não adianta reformar um local que está caindo aos pedaços, é pequeno e não atende nem a atual demanda, que dirá a demanda futura. O Crea entende que é melhor construir uma rodoviária de verdade, em outro lugar, de preferência perto do Aeroporto Eduardo Gomes, por uma questão de logística”.

O deputado petista também fez uma visita à rodoviária da capital amazonense

O deputado petista também fez uma visita à rodoviária da capital amazonense

A sugestão do representante do Crea foi bem recebida na audiência e, de acordo com o deputado Sinésio Campos, será apresentada ao governo estadual na segunda-feira (16), “já que a Prefeitura de Manaus deixou claro na audiência que não tem competência legal nem estrutural pra lidar com o assunto”.

“Na próxima segunda-feira vamos nos reunir com o secretário de administração do Estado, o Evandro Melo, aqui na Sead ao lado da Assembleia, para tratar da construção de uma nova Rodoviária. E todos os órgãos públicos que participaram da audiência e concordaram com essa solução também vão estar lá”, adiantou Sinésio, que convidou a imprensa para acompanhar a reunião.

O Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim está localizado na Avenida Mário Ipiranga, número 2.348, no bairro Flores. Atualmente sem gestão, o local é administrado informalmente pelos comerciantes do lugar. “Essa solução que deram hoje, de fazer uma nova Rodoviária, ainda vai demorar muito. A gente quer resolver isso rápido. Se pintassem as paredes, consertassem as infiltrações, trocassem as cadeiras e também reformassem os banheiros já seria de uma ajuda muito grande! Digo assim, pra resolver logo, porque a gente quer sim uma Rodoviária nova, bonita”, pediu o líder dos permissionários do terminal, José Raimundo Cordeiro.

A solicitação dos permissionários para reparos emergenciais também foi acatada pelo deputado Sinésio, que vai apresentar o pedido na reunião com o titular da Secretaria de Estado de Administração e Gestão do Amazonas (Sead). “Espero que agora a Rodoviária seja levada a sério pelos governantes, porque nós, os legisladores, estamos fazendo a nossa parte. Só falta eles fazerem a parte deles”, concluiu.

Roberto Brasil