Manaquiri entra na luta pela construção da ponte Rio Solimões

By -
Foram recolhidas mais de 500 assinaturas, segundo o deputado Francisco Souza

Foram recolhidas mais de 500 assinaturas, segundo o deputado Francisco Souza

O município de Manaquiri, no interior do Amazonas, entrou na luta pela construção da ponte Rio Solimões. Ontem (segunda-feira 30/11), uma comitiva organizada pelo deputado estadual Francisco Souza, visitou Manaquiri para recolher assinaturas em defesa da ponte.

Foram recolhidas mais de 500 assinaturas, além da distribuição de jornais e panfletos com informações sobre a ponte Rio Solimões. A comitiva percorreu as principais ruas da cidade, além de praças e o porto de Manaquiri.

franciscosouza-manaquiri-2A comerciante Valdinete Silva, que mora no Manaquiri há 15 anos, colocou o nome no abaixo-assinado. Ela disse que é a favor da construção da ponte, pois a obra trará mais desenvolvimento para o município. “Faço questão colocar meu nome no abaixo-assinado. Se unirmos nossos esforços, a ponte se tornará uma realidade”, afirmou a comerciante.

franciscosouza-manaquiri-3Durante a visita ao Manaquiri, o deputado Souza conversou com moradores e explicou detalhes do projeto da ponte Rio Solimões. “Existe uma grande curiosidade das pessoas sobre a nova ponte”, revelouSouza. “Ao visitarmos os municípios, aproveitamos para explicar detalhes da obra e como ela beneficiará o Amazonas”, acrescentou.

Quando a ponte Rio Solimões estiver construída, vai ligar os municípios de Manacapuru e Manaquiri, no trecho onde o rio Solimões é mais estreito. A ideia é facilitar a ligação do Amazonas com as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil, por meio da BR-319.

“Não será uma ponte ligando apenas dois municípios. Será a ponte que ligará o Amazonas ao restante do País, através da BR-319”, explicou Souza.

franciscosouza-manaquiri-4franciAtualmente, quem deseja chegar ao Centro-Oeste do Brasil, tem que atravessar os rios Negro e Solimões, por meio de balsas, e depois cruzar a BR-319. “Com a ponte, a viagem será mais rápida e com mesmos custos, beneficiando moradores de todo Amazonas”, planeja Souza.

Até agora, foram reunidos mais de 70 mil assinaturas pedindo a construção da ponte Rio Solimões. Os abaixo-assinados estão sendo realizados em Manaus, Manacapuru, Manaquiri, Manicoré e Humaitá. A meta é reunir mais de 120 mil assinaturas até o início de 2016

Roberto Brasil