Mais de 2 mil servidores vão atuar durante a operação ‘Réveillon 2016’, diz SSP-AM

By -
A operação “Réveillon 2016″ será coordenada do Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E)

A operação “Réveillon 2016″ será coordenada do Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E)

Pelo menos 2 mil servidores do Estado e Município, a maioria policiais militares, vão atuar na operação “Réveillon 2016″, que será coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi), nos três locais onde vão ocorrer, simultaneamente, os eventos de virada de ano em Manaus.

A informação foi passada nesta manhã, pelo secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, durante a apresentação do Plano Tático Integrado apresentado pelos órgãos de segurança, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Ele destacou que o trabalho integrado entre os órgãos de segurança e as demais instituições das esferas estadual, municipal e federal vem fortalecendo o modelo de segurança no Estado. “Juntos conseguimos montar operações de sucesso, com alto índice de aprovação por parte da população e, acima de tudo, conseguimos passar a tranquilidade merecida às famílias que vão aproveitar as festas e eventos realizados pelo poder público e privado. Todo nosso esforço conjunto vem sendo planejado aqui no CICC. Vale ressaltar que o CICC do Amazonas é um dos mais usados do País. Nele, só este ano, foram planejadas 63 operações, num total de 76 coordenadas pela SSP, por intermédio da Seagi em dois anos”, enfatiza.

O réveillon de Manaus acontecerá em três locais de forma simultânea: no complexo turístico da Ponta Negra (zona oeste), na orla do Amarelinho (bairro Educandos, zona sul) e na Avenida Itaúba, no bairro Jorge Teixeira (zona leste). Em todos os locais haverá queima de fogos e shows musicais com atrações regionais. A estimativa de público para esses locais é de 130 a 150 mil pessoas.

Na Ponta Negra, o evento será na praia com previsão de público de 80 a 100 mil pessoas no ponto alto do evento, que é a virada de ano, mas tudo estará pronto a partir da tarde para receber os visitantes. Haverá ainda um espaço especial para a celebração para os praticantes das religiões afro-brasileiras, como o tradicional culto a Iemanjá nas águas do rio Negro.

Será aplicada também toda a estrutura operacional de câmeras, bem como as Plataformas de Observação Elevadas (POE), Centros Integrados de Comando e Controle Móveis (CICC-M), Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-L), aeronaves e todo equipamento tecnológico para  otimizar a comunicação entre os órgãos e pronta resposta às ocorrências.

A operação “Réveillon 2016″ será coordenada do Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E), na Avenida André Araújo, e contará com representantes das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Ouvidoria, Corregedoria, Semsa, Manaustrans, Manauscult, Detran, Semtef, Susam, Secretaria de Cultura, Marinha do Brasil e Eletrobras.

Roberto Brasil