Mãe e filho são presos por agredirem idosa de 68 anos

By -

Gleice e Jhonnathan confirmaram as agressões e foram autuados em flagrante (Foto: Divulgação)

A equipe de investigação do 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Ricardo Cunha, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã de quinta-feira, dia 3, por volta das 11h, Gleice dos Santos, 40, e o filho dela, Jhonnathan Fernandes dos Santos Frazão, 22, denunciados por discriminação de pessoa com deficiência, vias de fato, apropriação de bens, ameaça e injúria, praticados contra uma idosa de 68 anos, mãe e avó dos infratores, respectivamente.

De acordo com a autoridade policial, as prisões ocorreram na casa onde os infratores moravam com a vítima, na Rua Manoel Ferreira Nascimento, antiga Vitória-Régia, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste da capital. Ricardo Cunha explicou que os policiais civis chegaram até Gleice e o filho dela, Jhonnathan, após a vítima, que é uma pessoa com deficiência física, ir até a delegacia formalizar asagressões, físicas e verbais, sofridas.

“A vítima nos relatou que a filha e o neto chegaram embriagados e sob efeito de substâncias entorpecentes na casa onde eles moram. Eles exigiram que a idosa entregasse dinheiro a eles e começaram a pegar objetos de valor do imóvel. A idosa tentou impedi-los e acabou travando luta corporal com os infratores, que a agrediram fisicamente e com palavras de baixo calão”, explicou Cunha.

Logo depois da formalização da ocorrência os policiais civis foram até o endereço indicado pela vítima e efetuaram as prisões dos infratores, que confirmaram as agressões. Gleice e Jhonnathan foram autuados em flagrante por discriminação da pessoa com deficiência, vias de fato, apropriação de bens, ameaça e injúria. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, mãe e filho serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul da capital.

*Com informações da assessoria de comunicação

Roberto Brasil