Luiz Castro requer a reposição salarial dos servidores da Aleam

By -

Dep. Luiz Castro

A reposição salarial dos servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) foi solicitada por meio de requerimento apresentado hoje (21) pelo deputado Luiz Castro (Rede). O reajuste salarial da categoria está atrasado há três anos, prejudicando os servidores que acumulam perdas inflacionárias.  

 
Em relação ao Projeto de Lei de nº 156/2017 encaminhado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que  concede o aumento de 9,82 %  aos servidores do órgão, Luiz Castro considerou inoportuno. “Esse aumento acima da inflação, amplia as desigualdades entre os servidores, principalmente das categorias que até agora não tiveram reposição salarial da data base”, observou.
Com base em dados do Sindilegisam, Luiz Castro mostrou a disparidade entre os salários dos servidores dos dois órgãos.
O servidor do TCE  de nível fundamental recebe R$ 2,6 mil, enquanto que na Aleam o valor é R$ 1,0 mil; O servidor de nível médio do TCE recebe R$ 5,5 mil, já no Legislativo o salário é de R$ 1,6 mil; E no nível superior, o servidor do Tribunal recebe R$ 7,8 mil, enquanto o servidor da Aleam recebe 2,1mil.
“Espero que a mesa diretora acolha o requerimento e que seja iniciado o processo de reposição dos salários dos servidores da Casa”, destacou o deputado, lembrando que o aumento na arrecadação de ICMS do Estado nos últimos três meses favorece o pagamento, corrigindo a defasagem salarial.
Luiz Castro alertou ainda para o atraso no pagamento da data base dos trabalhadores da educação, bem como dos servidores da área de saúde  e de assistência social do Estado, que também não recebem reajuste salarial há três anos.
Roberto Brasil