Luiz Castro aposta no cooperativismo como geração de emprego e renda

By -
img-20160911-wa0037
Em reunião com lideranças do segmento cooperativista de Manaus, o candidato a prefeito Luiz Castro (REDE/PMN) expôs as propostas de desenvolvimento econômico sustentável, que visam o fortalecimento dos empreendimentos do cooperativismo, como alternativa concreta de geração de emprego e renda no município.
O Plano de Governo da coligação “Sim, é possível!”, propõe a criação de uma agência de fomento do desenvolvimento  que prioriza o financiamento e assistência técnica para realizar projetos sustentáveis de cooperativas e de micro e pequenos empreendedores,  em parceria com outras entidades financeiras que possuam linhas de crédito afins.
Pela sua atuação na Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo no Amazonas (Frencoop-AM), Luiz Castro aposta no incentivo ao cooperativismo como alternativa de desenvolvimento econômico, sobretudo na atual situação de crise e de desemprego.
“Vamos usar a criatividade para estimular a formação de redes de crédito comunitário da economia solidária, bem como estabelecer parcerias com as cooperativas de crédito já existentes”, explicou o candidato.
Para fortalecer os empreendimentos, a intenção, segundo Luiz Castro, é aumentar o percentual de compras pela Prefeitura de Manaus, dos produtos e serviços de cooperativas e das micro e pequenas empresas do município.
O Plano de Governo propõe também estimular o intercâmbio entre os empreendedores com o intuito de se criar uma Rede de Economia Sustentável para divulgar e comercializar seus produtos e serviços;
Nesse sentido, o plano propõe uma parceria com o Sebrae e com a Fundação Escola de Serviço Público Municipal para qualificar o cidadão que tenha uma ideia e queira empreender e dar toda a assistência necessária para que o micro e pequeno empreendedor  possa manter o seu empreendimento.
 

Mario Dantas