Literatura e antiguidades marcam quarta edição do Mercado Cultural

By -

mercado-cultural-1Uma feira de antiguidades e a divulgação de livros movimentaram a quarta edição do Mercado Cultural, realizado na noite de sexta-feira, 27, no Adolpho Lisboa. Telefones, aparelhos de som, bonecos, carros de brinquedo e enfeitar, filtros e moedas antigas fizeram parte da mostra que fez o público voltar ao passado. O projeto é uma das ações da prefeitura para a ocupação cultural do Centro Histórico. 

O empresário Aldrim Almeida levou algumas raridades de seu antiquário para expor aos visitantes. “Tenho essa paixão por colecionar desde criança. Como nasci em Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus), aproveitei a região de fronteira para colecionar coisas diferentes”, conta. 

O casal de estudantes de Filosofia, Aub Serrão e Ariadne Sales aproveitou o evento para divulgar o livro de poesias “Nuvens Gris”, que será lançado em dezembro na Biblioteca Municipal João Pantoja Evangelista. “Eventos como este agregam um misto de cultura, música, gastronomia, literatura, em pleno Centro Histórico de Manaus. Este espaço é transformador”, afirmou Aub. 

mercado-cultural-3Música e Gastronomia 

O cardápio gastronômico contou não apenas com comidas regionais, como também com doces e itens que podiam ser encontrados no food truck “Churraskombi”, “Mr. Sucre” e Maria Bistrô. O sabor regional da chef Ana Paula conquistou os visitantes. 

 “Vim atraído pela música, pois gosto muito de samba, mas adorei a diversidade de comidas”, afirmou o industriário Francisco Bindá. 

As professoras Rainalda Serra e Audres Gomes já haviam participado de outras edições do Mercado Cultural e levaram a amiga Viviane Marques, também professora, para conhecer o local. “Gostamos de nos reunir aqui. As atrações são sempre muito boas. Pretendemos voltar”, afirmou Rainalda. 

mercado-cultural-2A cantora Lucinha Cabral abriu a noite de happy hour, com um show de voz e violão e músicas regionais, autorais e sucessos da MPB. Em seguida, o grupo Katundê apresentou sambas de Zeca Pagodinho à Fundo de Quintal, passando por Chico da Silva.    

O Mercado Cultural é realizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Subsecretaria do Centro Histórico (Subsemch) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Roberto Brasil