Lideranças femininas aprovam propostas de Silas para as mulheres

By -
silas-com-liderancas-femininas

Entre as propostas do candidato a prefeito de Manaus estão em benefícios nas áreas de saúde, moradia, empreendedorismo e creches / Foto: Márcio Silva.

O candidato a prefeito de Manaus, Silas Câmara, percorreu diversos bairros de Manaus levando propostas do seu plano de governo registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Entre os destaques estão soluções que vão melhorar a vida das mulheres, principalmente na área de saúde, moradia, empreendedorismo e criação de vagas em creches.

Para as jovens empreendedoras, o Projeto Caboclo Bom vai organizar e capacitar a economia informal. Já o Startup Manaus vai capacitar os jovens na produção de tecnologia (software, aplicativos, etc.) e encubar novas empresas de tecnologia, visando impulsionar o crescimento da produção de conhecimento tecnológico para os jovens da cidade.

“São muitos os projetos que vão beneficiar as mulheres de Manaus, sejam mães, jovens ou idosas. A ampliação da oferta de creches na cidade é uma delas. Tenho certeza que isso irá tocar o coração das mães. Ao invés de prometer construir mil ou cem creches, vamos fazer parcerias com o terceiro setor para aproveitar espaços já existentes nos bairros”, explicou Silas.

 Parlamentar experiente, com cinco mandatos como deputado federal, Silas planeja criar também o Viver Melhor Comunitário, que vai reformar e adaptar a residência de pessoas com deficiência e adquirir os equipamentos necessários a proporcionar mais conforto as mesmas.

“Na saúde, as UBSs serão reestruturadas e mobiliadas com os profissionais necessários para propiciar um atendimento de excelência a comunidade. Para isso, serão contempladas com: Pediatras, Clínicos Gerais, Obstetras, Dentistas, Enfermeiros, Auxiliares de Enfermagem e Agentes Administrativos suficientes à demanda”, indicou Silas.

As carretas da mulher serão ampliadas e fortalecidas. “Além delas, também serão criadas as carretas da criança e as carretas do idoso, beneficiando todos que não têm acesso aos serviços de atenção básica”, finalizou o candidato.

Áida Fernandes