Líder do prefeito entrega o cargo, secretário pede exoneração e manifestação pressiona Câmara de Parintins

By -

Uma semana depois de taxar o secretariado de “burro” e “incompetente”, pelas demissões ocorridas nas autarquias, o vereador Rai Cardoso (PMDB) o Cabeça vai deixar a liderança do prefeito de Parintins Alexandre da Carbrás (PSD).

A decisão tem reflexo direto com a saída do irmão dele empresário Flavio Cardoso, que entregou nesta quarta-feira carta de renuncia da Secretaria Municipal de Terras e Arrecadação.

O parlamentar do PMDB teria pedido a “cabeça” das secretárias Andreia Barata e Eliane Melo do Setor Financeiro, em decorrência do descontrole das demissões. Rai Cardoso vai pedir, na segunda-feira, na Tribuna da Câmara, auditória interna e externa no Setor de Terras.

A mobilização “Acorda Parintins” que teve participação de 400 pessoas parou na frente do Poder Legislativo para pressionar os vereadores no sentido de cobrarem explicações sobre a cobrança de 496 mil reais na taxa de iluminação e ainda demissão descontrolada. O presidente da Câmara Rildo Maia e nenhum vereador da oposição e situação não veio ao encontro dos manifestantes. Manifestações de insatisfações já ocorreram em 2013 nas cidades de Manacapuru e Iranduba. /// Hudson Lima.

Redação