Liberação de recursos do Bird será analisada na próxima semana no Senado

By -

19-04-16-Prefeito- Liberação de recursos do Bird.Foto-Ass (2)

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, espera que, no máximo até a próxima terça-feira, 26, o governo federal finalmente encaminhe para a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) o empréstimo de US$ 150 milhões – os recursos foram aprovados ao Executivo Municipal pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). De acordo com a presidente da CAE, Gleisi Hoffmann, o gabinete da presidência garantiu que documento será enviado para análise dos senadores na reunião da semana que vem.

Em Brasília, o prefeito explicou que na semana passada, a CAE analisou os processos de empréstimos do Piauí, Ceará, Teresina e Paraná. Nesta terça-feira, a comissão discutiu matérias envolvendo problemas das dívidas dos Estados com a União e assuntos relacionados a Belém (PA). Manaus, que estava na fila e com todos os trâmites burocráticos vencidos, acabou tendo a assinatura da presidente postergada, mesmo estando em pé de igualdade com os pedidos de outras capitais.

CAE - Comissão de Assuntos Econômicos

“Os recursos são internacionais, mas precisam ter o aval do governo federal para que possamos ter acesso. Nosso empréstimo era o primeiro da fila e de repente virou o último. Acredito que na semana que vem venceremos esta etapa. É de extrema utilidade para Manaus em uma hora muito difícil para todo o País. Nós temos sofrido um cerco muito grande há três anos. Espero que agora eles se redimam conosco”, assinalou o prefeito.

Segundo o senador Omar Aziz, existia a expectativa de que a presidente Dilma Rousseff tivesse assinado o documento ainda na semana passada, para que nesta terça-feira os senadores pudessem deliberar sobre a matéria, o que não aconteceu. Mas, em conversa entre o prefeito de Manaus, a presidente da CAE e ele, a nova promessa aponta terça-feira da semana que vem como prazo máximo.

“É a segunda vez seguida que o prefeito vem a Brasília e ouve a mesma conversa que eu ouvi. Agora, realmente estamos esperançosos que o documento chegue para a comissão. Assim que chegar, ainda nesta semana se possível, faremos o parecer favorável e na próxima semana já teremos condições de votar pela liberação”, explicou o senador.

O valor pleiteado por Manaus será aplicado nas áreas de infraestrutura, educação, sistema de gestão, inclusão social e geração de renda – mobilidade urbana e o sistema de transporte coletivo são os assuntos mais urgentes. Depois de ser aprovado pela CAE, o empréstimo precisa passar pelo plenário do Senado para que em seguida seja, enfim, liberado.

Mario Dantas