Lançada nova licitação para o Complexo Turístico Ponta Negra

By -
O edital e seus anexos já estão à venda na sede do Implurb por R$ 80

O edital e seus anexos já estão à venda na sede do Implurb por R$ 80

O Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) lançou a Concorrência 004/2014 – tipo maior oferta, destinada a pessoas jurídicas sem fins lucrativos, para outorga de permissão de uso onerosa, aos interessados em atuar no comércio de barracas de praia e ambulante do Complexo Turístico Ponta Negra. O aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) da última sexta-feira, dia 17.

O edital e seus anexos já estão à venda na sede do Implurb, no valor de R$ 80, e a sessão pública para a abertura das propostas de preço acontecerá no dia 18 de novembro, às 9h, no auditório da Prefeitura de Manaus (av. Brasil, Compensa). Informações sobre a compra do documento podem ser obtidas no telefone (92) 3625-4789, em horário comercial.

A licitação visa atender os comércios de barracas de praia e ambulante da Área 1, sendo composta de 15 barracas e 15 pontos comerciais no calçadão. As barracas oferecem aos usuários de praia bebidas em geral e poderão ter o serviço adicional de aluguel de guarda-sol e cadeiras.

No calçadão, o comércio é feito em carrinhos, cujo modelo consta no edital. Neles são vendidos itens, como bebidas e produtos alimentícios (cachorro-quente, pipoca, churros, entre outros), devidamente licenciados e autorizados previamente, assim como fiscalizados pelo Implurb, Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab) e Vigilância Sanitária (DVisa/Semsa).

Todos os futuros permissionários terão que trabalhar credenciados e com farda, seguindo modelo do edital, para facilitar a identificação e combater a ilegalidade de vendedores não licenciados. Segundo o edital, é vedado aos permissionários o comércio de qualquer produto eletrônico e de acessórios em geral, como óculos, DVDs, CDs, artesanatos e similares. A permissão é estritamente para o comércio de bebidas e alimentos.

Roberto Brasil