Josué Neto sugere implantação de núcleo da UEA em Pauiní

By -
Dep. Josué Neto

Dep. Josué Neto

Estudantes de segundo grau que moram em Pauiní, Boca do Acre, Envira e Itamarati, poderão iniciar sua vida acadêmica em sua própria região, sem necessidade de migrarem para a capital, quando terminarem o nível médio. Isso porque o presidente da Assembleia Legislativa, deputadoJosué Neto (PSD) enviou ao governador José Melo (PROS) um requerimento solicitando a implantação de um núcleo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em Pauiní (a 926 km de Manaus em linha reta), que poderá atender a demanda dos quatro municípios da calhado rio Purus.

Josué Neto argumenta que a população dessa região do sul do Amazonas reclama cada vez mais da necessidade do polo universitário, para atender as demandas, especialmente dos jovens que deixam sua cidade de origem  para ter acesso ao ensino superior.

O requerimento proposto pelo presidente da Assembleia, deputado estadual Josué Neto, foi aprovado pela Mesa Diretora da Casa Legislativa e encaminhado do governador José Melo.

Segundo dados da UEA, atualmente a instituição tem 20 mil alunos regularmente matriculados na graduação e pós-graduação, desse total, mais da metade estão no interior. A universidade é considerada a maior multicampi do país, com o maior número de unidades que integram a sua composição. A UEA iniciou as atividades acadêmicas em 2001 e atualmente tem 42.651 diplomados, sendo 37.856 em graduação e 4.795 Pós-Graduação.

Roberto Brasil