Josué Neto propõe cadastro anual para taxistas de Presidente Figueiredo

By -
Dep. Josué Neto

Dep. Josué Neto

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Josué Neto (PSD), enviou um requerimento à Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam), para que órgão analise a possibilidade de mudar a periodicidade do cadastramento dos taxistas de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus) de seis meses para um ano.

Essa é uma reivindicação da Associação dos Taxistas de Presidente Figueiredo, feita ao presidente Josué Neto, na última semana, quando ele teve uma reunião com os profissionais do município e ouviu as queixas de todos. A principal, é que esse cadastramento gera uma despesa de aproximadamente R$ 500,00, a cada semestre. Além do prejuízo no bolso, a cobrança de taxa duas vezes por ano não segue o padrão de outros impostos como o IPVA e IPTU que são cobrados anualmente, lembrou o parlamentar.

Os taxistas ainda precisam cumprir uma extensa burocracia para fazer o cadastramento, preparando e buscando documentos em várias repartições públicas. “Nesse período eles precisam parar de trabalhar para buscar os documentos, o que acaba prejudicando a geração de renda na família”, apontou o presidente.

Josué Neto defende que a Arsam precisa ouvir a categoria e avaliar as reivindicações, para que as circunstâncias de trabalho dos taxistas sejam as melhores possíveis. O deputado destaca que os taxistas são profissionais que contribuem para a movimentação da economia do município, transportando visitantes que vão até Presidente Figueiredo para conhecer as belezas naturais da região.

Roberto Brasil