Josué Neto convida deputados a assinarem “Pacto do Escoteiro” de apoio ao movimento

By -
O presidente Josué Neto comprometeu-se a ser um “Amigo do Escotismo”

O presidente Josué Neto comprometeu-se a ser um “Amigo do Escotismo”

Para homenagear o Dia Mundial do Escoteiro, e os 100 anos do Escotismo no Estado, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizou nesta terça-feira (28), uma Sessão Especial em homenagem ao Movimento dos Escoteiros do Brasil, Região do Amazonas, por requerimentos do presidente deputado Josué Neto (PSD) e da deputada Alessandra Campêlo (PCdoB). Em seu pronunciamento na abertura da sessão, o deputado Josué Neto convocou os deputados a assinar o Termo de Adesão ao Movimento da União Parlamentar Escoteira do Brasil (UPEB), formalizando o “Pacto do Escoteiro”.

Esse pacto prevê que a adoção de compromissos como fortalecer a educação não-formal, apoiar o jovem na tomada de decisões, apoiar politicamente demandas e projetos dos escoteiros, auxiliar na inserção em conselhos de governança e colaborar com a divulgação do movimento escoteiro.

Pessoalmente, o presidente Josué Neto comprometeu-se a ser um “Amigo do Escotismo”, mantendo um canal de diálogo aberto entre o movimento do escotismo e os meios políticos.

Em seu pronunciamento, a deputada Alessandra Campêlo lembrou que as pessoas sempre tem o jovem escoteiro como uma referência de alguém responsável, que cultiva os bons costumes, que tem algo de especial para oferecer, e disse que com o apoio do presidente do Poder Legislativo o movimento dos escoteiros pode ter certeza que vai ter mais força para gerar mais oportunidades e inclusive fazer a interface junto ao governo. A deputada apelou por uma adesão unânime dos deputados estaduais ao movimento.

Falando em nome dos deputados, o deputado Sinésio Campos (PT) definiu a sessão como uma justa homenagem ao Movimento Escoteiro, e disse que quando não se investe na educação da criança e do jovem é preciso investir mais em penitenciária e saúde, porque ele vai se envolver com o crime e as drogas e vai cair no hospital público. Sinésio comparou o fundador do Escotismo Lord Baden-Powell com Dom Bosco, o santo que dedicou sua vida a preparar os jovens para praticar as boas ações.

Durante a sessão foram apresentados dois vídeos mostrando as atividades dos grupos de escotismo no Amazonas, focando especialmente a questão da socialização das crianças e jovens, o trabalho solidário junto às comunidades carentes, e a educação para a defesa e preservação do meio ambiente. O presidente Josué Neto fez a entrega ao diretor-presidente da União dos Escoteiros do Brasil (UEB), Região do Amazonas, Lindomar Faustino Raimundo, de uma placa comemorativa pela passagem do Dia Mundial do Escoteiro.

O presidente da UEB Lindomar Faustino disse que existem 84 mil escoteiros no Brasil e mais de 600 no Amazonas, formando uma grande união de jovens praticantes do voluntariado, citando ações como o combate ao alcoolismo entre os jovens indígenas, em comunidades como Belém do Solimões e no bairro Umariaçu, no município de Tabatinga, no interior do Amazonas, reduzindo o índice de suicídios entre os jovens das duas comunidades.

Roberto Brasil