José Ricardo e Sinésio percorrem municípios do interior levando propostas emergenciais

By -

Neste final de semana, o candidato pelo PT, José Ricardo, e seu vice, Sinésio Campos, percorreram cinco municípios do interior do Estado (Urucará, Barreirinha e Parintins, Autazes e Iranduba), conversando com a população e apresentando suas propostas para o desenvolvimento do Amazonas como um todo, mas também ouvindo sugestões e ideais que ainda possam fazer parte do Plano de Governo Emergencial de 15 meses, que estará em constante construção ao longo desta campanha.

De acordo com José Ricardo, as atividades no interior foram positivas e de resultados, pois sua candidatura foi bem aceita pela população, tendo recebido inúmeras declarações de votos. “As pessoas deram demonstração de que querem o novo, não aceitando mais aqueles políticos que representam as velhas práticas da política que ainda perdura no Amazonas”, destacou o candidato, que esteve em Urucará e Barreirinha no sábado e à noite, chegou em Parintins, com a atividades até a tarde deste domingo.

Já Sinésio Campos, que esteve em Autazes e Iranduba, além de ter feito panfletagem com bandeiraço na Bola do Produtor, na Zona Leste de Manaus, destacou o corpo a corpo que teve com a população, falando do protagonismo assumido nestas eleições. “Nossa campanha tem como principal foco a busca por mais emprego e renda.   Estamos confiantes que juntos, Zé e eu, faremos um trabalho de mudança e de melhorias,  que é o que o Amazonas precisa”.

Em Urucará, José Ricardo realizou uma longa caminhada pelas ruas da cidade, dialogando com população. E como não poderia ser diferente, encerrou a atividade na manhã deste sábado (15) com o minicomício utilizando uma kombi. Durante o diálogo com a população, os moradores relataram os problemas que vêm enfrentando na segurança, na saúde e na educação. Uma funcionária do hospital, que preferiu não se identificar, disse que o hospital é precário, não tem nem material para exames básicos, por exemplo.

Além disso, José Ricardo também  reuniu com os produtores rurais que   denunciaram a falta de políticas públicas para a agricultura (produção rural), já que eles produzem, mas não tem como vender os produtos que acabam se estragando.

Diante disso o candidato afirmou que priorizará os recursos do Fundo de Turismo e Interiorização (FTI), que atualmente não estão chegando ao interior do Estado. E mais: garantiu que em seu Governo irá estimular a abertura de crédito para atender aos produtores rurais e empreendedores, ajudando, por exemplo, na agricultura familiar, uma forma de ampliar o emprego e a renda.

Roberto Brasil