José Ricardo e Sinésio lançam campanha ao Governo na Zona Leste

By -

A campanha do candidato a governador pelo PT, José Ricardo Wendling, e seu vice, Sinésio Campos, foi lançada oficialmente na manhã deste domingo (25), na Zona Leste da cidade. Os candidatos, juntamente com a militância do Partido dos Trabalhadores, seguiram em caminhada pela rua do Fuxico, no Jorge Teixeira, e finalizaram com minicomício na avenida Grande Circular.

José Ricardo destacou a importância da campanha ter sido lançada junto à população. “Esse é o nosso jeito de trabalhar e de fazer política, próximo das pessoas, ouvindo as suas reivindicações, as suas ideias e sugestões. Assim é a construção de um governo participativo. Ninguém melhor do que a população para falar quais as prioridades do novo Governo”, declarou ele, que juntamente com Sinésio conversou com feirantes, comerciantes e sociedade em geral, coletando propostas que podem ser inseridas no Plano de Governo Emergencial, que estará em construção até o final desta campanha.

Dentre os assuntos destacados no minicomício, o candidato falou da necessidade de priorizar a segurança pública, com um melhor aparelhamento das polícias Civil e Militar, valorizando sempre os policiais. Ele disse que o orçamento do Estado para a segurança está em torno de R$ 1,6 bilhão, dinheiro que se for bem administrado, com responsabilidade e transparência, pode dar mais segurança à população. O Atlas da Violência no Brasil 2017, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), coloca o Amazonas como o quinto estado do País com o maior crescimento da violência (mais de 149% entre 2005 e 2015), sendo as principais vítimas os jovens, de baixa renda, e as mulheres.

“Situação preocupante. Hoje, temos uma cidade totalmente insegura, nas mãos dos bandidos. Professores e alunos são assaltados dentro das escolas, as pessoas são assaltadas dentro dos ônibus e nem as igrejas, templos sagrados, estão sendo poupados de invasões. E no interior, o abandono é total, já que a frota de policiais e a estrutura são mínimas. Tudo porque há mais de 35 anos este Estado está nas mãos de um mesmo grupo político que governa com outros interesses, esquecendo das necessidades da população. Segurança é um direito”, enfatizou José Ricardo.

Dentre as propostas para a segurança está a criação de um Plano de Segurança para as escolas, igrejas e terminais, implementação de uma polícia fluvial, além de dar mais condições aos policiais, com estrutura nas delegacias, salários dignos e outros direitos trabalhistas garantidos.

Para o candidato a vice, Sinésio Campos, o maior compromisso dessa campanha é com o povo do Amazonas, pensando num futuro melhor para todos. “Por isso, estamos aqui junto com a população numa das zonas mais populosas da cidade, ouvindo as suas demandas e falando das nossas propostas”, reforçou ele, frisando que dentre as propostas do Plano de Governo está ainda a construção de casas populares, porque moradia é um direito humano, como também o fomento a outras atividades econômicas, como o pescado e a mineração, além da Zona Franca de Manaus, para dar mais oportunidades de emprego e renda às famílias, principalmente, que vivem no interior do Estado”.

No apoio à revitalização da Santa Casa de Misericórdia

Ainda na manhã deste domingo, José Ricardo e Sinésio participaram de um ato pela revitalização da Santa Casa de Misericórdia, no Centro, organizado pela Igreja Católica, por meio dos padres capuchinhos, e algumas entidades e movimentos sociais, como a Associação Cultura do Estado do Amazonas (Aceam).

No último dia 19, a Justiça Federal determinou que o Governo do Estado execute o Plano Emergencial da Santa Casa, elaborado pelo Instituto Federal do Amazonas (Ifam) e que contempla a restauração total do prédio, incluindo, a capela. Na ocasião, houve abraço simbólico ao prédio.

Para José Ricardo, o prédio que está abandonado há mais de 13 anos deve ser restaurado com urgência para voltar servir ao povo do Estado, preservando ainda a história da cidade, já que foi construído em 1880. “Como governador, saúde será a nossa prioridade. A Santa Casa já foi uma renomada instituição de saúde. E deve voltar a ser ou uma grande unidade de saúde, como ainda um espaço de acolhida para centenas de pessoas que vêm do interior, como defende a igreja, ou também como um espaço cultural. Independente do que possa vi a ser, a Santa Casa deve ser um local de misericórdia para aqueles que mais necessitam”.

Como agenda de campanha desta segunda-feira (26/6), os candidatos realizam minicomício às 8h, na avenida Margarita, no bairro Nova Cidade, Zona Norte; às 10h, concede entrevista a um portal da cidade; e, às 14h, reúnem-se para tratar do Plano de Governo. Já às 16h, fazem minicomício na rua João Paulo (antiga J), no Alvorada, Zona Centro-Oeste; e, à noite, fazem reunião com a comunicação para definir a produção dos programas de TV.

Roberto Brasil