“José Melo não vai deixar o barco afundar”, diz Belarmino Lins

By -
Dep. Belarmino Lins

Dep. Belarmino Lins

Líder do Pros na Assembleia Legislativa, o deputado Belarmino Lins deu razão ao economista Raul Velloso, que colocou o Amazonas entre os quatro estados de maior equilíbrio fiscal no País, ao lado de Espírito Santo, Rondônia e Amapá e sugeriu prêmio de reconhecimento do Tesouro Nacional ao governador José Melo (Pros) por saber manter em equilíbrio as contas do Estado.
Segundo o deputado, a manifestação de Velloso, registrada em entrevista no programa Roda Viva da TV Cultura na última segunda-feira, prova o acerto de Melo com relação ao seu recente pacote de medidas administrativas para o enfrentamento da crise que acomete a economia amazonense. “É significativo enfatizar a manifestação de Raul Velloso, que é consultor econômico e PHD em economia pela Yale University, colunista de jornais conceituados como O Globo e O Estado de São Paulo, além de mestre pela Fundação Getúlio Vargas, um especialista de altíssimo nível”, afirmou o parlamentar.

Em aparte a discurso do deputado David Almeida (PSD), líder do Governo do Estado na ALEAM, Belão garantiu que “José Melo não deixará o barco afundar e o Amazonas continuará sendo um estado diferente do Rio de Janeiro, São Paulo ou Rio Grande do Sul onde os governadores parcelam salários e vivem em permanentes dificuldades”.

Por isso, Belarmino disse assentir com Raul Velloso quanto a sugestão de o Tesouro Nacional reconhecer José Melo concedendo-lhe um prêmio especial por saber conduzir com competência e equilíbrio a economia estadual. “Isso é bastante correto pelos resultados satisfatórios que o nosso governador tem colhido a partir de suas medidas rígidas, mas extremamente necessárias em defesa do Amazonas”, concluiu.

Roberto Brasil