José Melo deixa região do Madeira com sentimento de dever cumprido

By -

omar-melo-borba 1

O Município de Borba (a 215 quilômetros de Manaus) que já pertenceu à Capital do Estado do Amazonas viveu seu apogeu a partir de 1785, enquanto vila que passou a cultivar café e exportar para Belém, até então capital do Grão-Pará.
Agora o município vive novo período de ascensão econômica, graças ao anúncio de relevantes empreitadas voltadas para o corredor hidroviário de escoamento do Rio Madeira com investimentos que ultrapassam a casa de R$ 230 milhões nas áreas de infraestrutura, educação, habitação, piscicultura, social, setor primário, entre outros. Desse total, R$ 55 milhões serão destinados a Borba.

José Melo avaliou esta ação abrangente do Governo, comemorando a longa visita aos sete municípios que fazem parte da Calha do Rio Madeira, no sul do Amazonas. “Isso faz parte de um planejamento que foi feito quando ainda éramos candidatos ao Governo, onde nas andanças pelo interior todo ficaram evidenciadas as dificuldades existentes e as necessidades de investimentos que pudessem gerar emprego, renda e qualidade de vida para o povo, como um indutor do desenvolvimento”, lembrou José Melo.

Borba foi o último município da Calha do Rio Madeira a ser visitado pela comitiva governamental neste final de semana.

Redação