José Melo acompanha as obras do ProsaiMaués que irá recuperar as lagoas do município

By -

O governador do Amazonas, professor José Melo, irá neste sábado, 25 de março, para Maués, a 317,3 quilômetros de Manaus, onde cumprirá uma agenda extensa, a principal delas o acompanhamento das obras do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués). O Programa consiste na recuperação das Lagoas do Donga Michilles, Prata e Maresia, com projetos de requalificação urbanística, sistema de abastecimento de água, esgotamento sanitário e urbanização, praças, estrutura para feiras, exposições e construção de ciclovias.

As obras, executadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM), preveem a requalificação urbana das lagoas, solucionando problemas de saneamento básico, urbanísticos e socioambientais que afetam a qualidade de vida da população e a sustentabilidade socioeconômica do município de Maués. Iniciadas no mês março, a previsão de conclusão da obra é para outubro de 2018.

Financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o programa conta com recursos de US$ 35 milhões, sendo US$ 10,5 milhões de contrapartida do Governo do Amazonas.

Outras agendas – Ainda em Maués, o governador irá visitar a Unidade de Produção de Alevinos (UPAS), que estava sem funcionamento desde 2008 e, a partir da parceria entre Governo do Estado e município, a estrutura será reativada com quatro tanques com capacidade de 600 mil pós-larvas (150 mil por tanque). No sábado, serão entregues 150 mil pós-larvas de tambaqui para o povoamento de um viveiro. A produção da Unidade de Produção de Alevino irá atender os municípios de Maués, Boa Vista do Ramos e Barreirinha.

Atualmente, a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) possui 17 UPAS no Amazonas, localizadas nos municípios de Anori, Autazes, Manaus, Codajás, Coari, Caapiranga, Tefé, Apuí, Manicoré, Borba, Novo Airão, Parintins, Envira, Lábrea, Manacapuru, Iranduba, Carauari.

Com parte da programação, Melo também irá conhecer o programa Leve Leite de combate à desnutrição infantil do interior. Custeado com recursos do município, a iniciativa beneficia diretamente seis mil pessoas de baixa renda, em mais de três mil residências com leite de soja. O programa iniciou no dia 18 de março e tem a previsão de produzir cinco mil litros de leite por dia e, caso restem excedentes na distribuição, o produto será destinado para postos de saúde, escolas e entidades que prestam assistência social no município.

Roberto Brasil