José Aldo pede demissão do UFC

By -

jose-aldo-forbes

 

Irritado com Dana White, José Aldo pede demissão do UFC

José Aldo cansou de ser enrolado e pediu demissão do UFC…
Se é mesmo para valer saberemos em breve. O presidente do UFC, Dana White, promete fazê-lo voltar atrás. Mas olha o que ele disse horas atrás, ao vivo, durante o programa Revista Combate:

–  Só quero que eles cancelem o contrato. Vão falar que podem me oferecer milhões, e aí eu mudaria de ideia. Podem ficar com esses milhões. Não sou puta para querer dinheiro… Quero seguir a minha vida. Não quero nem lutar MMA, quero fazer carreira em outro esporte, que sempre foi meu sonho.

Em outra entrevista ao Combate.com, Aldo garantiu que sairia do UFC ao comentar a decisão de escalarem o campeão peso-pena, Conor McGregor, para desafiar o campeão dos leves, Eddie Alvarez, sem a necessidade do rival irlandês abrir mão do cinturão:

– Conor já tinha dito antes que não entregaria o cinturão de jeito nenhum e que ninguém o tiraria dele. Depois disso tudo, vejo que não posso confiar em nenhuma palavra do presidente Dana White e que quem está no comando do evento agora é o Conor McGregor. Como não estou aqui para ser empregado do McGregor, hoje eu peço que cancelem o meu contrato com o UFC. Quando me propuseram a luta contra o Frankie Edgar, o Dana disse que o vencedor dessa luta seria o desafiante do McGregor ou teria o título linear, porque se ele não voltasse pra divisão dos penas após a revanche com o Nate Diaz perderia o cinturão. Depois de tantas vezes sendo enganado, não me sinto mais motivado a lutar no UFC.

Aldo é o campeão interino dos penas e tinha ouvido de Dana a promessa de que ou McGregor o enfrentaria ou abriria mão do título, dando a Aldo o cinturão linear. Mais uma promessa não cumprida de Dana. Há ainda o agravante de Aldo ter pedido para disputar o cinturão dos leves quando era o único campeão dos penas e ter sido ameaçado a abrir mão da cinta caso travasse essa luta.

// O GLOBO

Áida Fernandes