Jogador de futsal brasileiro é vítima de ataque cardíaco fulminante

By -

Rogério Rocha da Silva era jogador de futsal e tinha 38 anos de idade

O mundo do futsal entrou em choque nesta quarta-feira com a morte do jogador brasileiro Rogério Rocha da Silva , que sofreu um ataque cardíaco fulminante e não resistiu. Ele atuava como ala/pivô, tinha 38 anos de idade e defendia as cores do Real Dem, time tradicional da Itália. 

O jogador estava na Europa desde 2003 e já tinha acertado sua transferência ao Sandro Abbate, clube também italiano, onde se apresentaria nesta quinta-feira. No Brasil, jogou ao lado de atletas de destaque como Manoel Tobias, Schumacher e Choco, por exemplo, com passagens por Corinthians, São Paulo, Carlos Barbosa e Malwee.

Rogério tinha no currículo as conquistas de dois títulos do Campeonato Italiano, sendo um pelo Perugia Calcio e outro pelo Pescara; uma do Campeonato Espanhol, pelo Inter Movistar; e uma Copa da Uefa, pelo italiano Cittá de Montesilvano.

O Inter Movistar, clube pelo qual atuou entre 2007 e 2008 com grande sucesso, fez uma postagem nas redes sociais lamentando a morte do atleta brasileiro . “Estamos chocados com o falecimento do nosso ex-jogador Rogério. Nossos mais profundo pêsames para toda sua família. Descanse em paz”, disse a legenda no Twitter.

Outras reações

As reações nas redes sociais foram várias, sendo que Ricardinho, jogador do Movistar e um dos maiores atletas de futsal do mundo, enviou condolências à família também usando o Twitter. “Não somos ninguém neste mundo. Os meus sentimentos à família. Futsal de luto…”, escreveu o português.

IG

Roberto Brasil