Japiim comemora 45 anos com festa cultural neste fim de semana

By -

aniversario-japiim-cartaz-01Da Redação – Para comemorar os 45 anos de vida do bairro de Japiim I, na zona sul de Manaus, o grupo denominado “Amigos do Japiim” está programando uma festa com o apoio da Prefeitura e da vereadora Vilma Queiroz (PROS), que apresentará, junto ao tenor amazonense Miquéias, o projeto ‘Canta Japiim’. Artistas e cantores locais estão na programação, na Praça Polivalente, nos dias 4 e 5 de abril próximos.

Grupos como ‘Meu Xodó’, ‘Fruto do Pagode’, ‘Forró Festança’, ‘Forró Gaiato’, dentre outros estarão se apresentando a partir das 18:00h. Haverá brinquedos infláveis, praça de alimentação e outras atrações na comemoração dos 45 anos. “Canta Japiim”, é um projeto trabalhado junto à comunidade do bairro e conta com o tenor Miquéias William, pretende compartilhar a música como alternativa cultural para jovens e crianças, explicou a vereadora Vilma Queiroz.

“O aniversário do tradicional e populoso bairro do Japiim, revela as conquistas da população ao longo dos anos, as contradições de um bairro que precisa se desenvolver respeitando o meio ambiente e o crescimento de uma comunidade atuante, forte e receptiva às mudanças urbanas e à conciliação entre o competitivo comércio local, áreas de lazer e habitação. Eu parabenizo o bairro do Japiim, por meio destas felicitações de aniversário levo um abraço a cada morador”, disse a parlamentar.

aniversario-japiim-cartaz-02Muitas demandas da comunidade do Japiim I foram apresentadas pela vereadora Vilma Queiroz, dentre as quais destacam-se as reformas: da Praça Polivalente, da Lagoa, do campo de futebol do Centro social, a solicitação da criação de um PAC, e assim por diante, serviços referentes ao melhoramentos da vias públicas. Dentro das emendas apresentadas e aprovadas esta aquelas destinadas para o bairro do Japim cujo valor é de R$ 400 mil.

O Japiim é um dos bairros mais populosos da zona sul de Manaus, com mais de 53 mil habitantes, nele há uma estrutura para dar qualidade de vida aos seus moradores, além de exercer uma função estratégica e importante na ligação do Distrito Industrial. Os primeiros moradores contaram apenas com sua pujança e espírito guerreiro, sem nenhuma infraestrutura inauguraram a segunda etapa do conjunto e daí em diante o bairro cresceu no comércio local oferecendo diversos serviços e realizando atividades econômicas. (Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil