Itacoatiara: Briga de foice entre vereadores

By -

Câmara Itacoatiara FachadaDurante a sessão da Câmara Municipal de Itacoatiara da segunda feira (26), o vereador Marcondes Martins Rodrigues acusou da Tribuna da Câmara, o presidente da Casa Dário Nunes, de Nepotismo, dispensa irregular de licitação e de tentativa de suborná-lo com recursos de diárias parlamentares.

Marcondes apresentou documentos que comprovam que foram depositados e transferidos por Dário valores em sua conta corrente sem nenhum motivo legal, como prestação de serviço ou pagamento de bens.

Dia 02.07.2015 o valor de R$ 2.500,00. Dia 03.07.2015, Dário emitiu um cheque nominal da Câmara de Itacoatiara no valor de R$ 3.195,00.

Em 28.07.2015, Dário emitiu para si próprio um cheque da Câmara no valor de R$ 1.917,00 correspondente a três diárias e posteriormente transferiu de sua própria conta o mesmo valor para a conta de Marcondes.

Marcondes no final do seu discurso disse que devolveu os valores através de depósitos para a conta da Câmara e pediu que seus pares apurem as denúncias e que Dário se afaste do cargo enquanto tramitar o processo contra ele, tanto na Câmara quanto no Ministério Público.

Para complicar ainda mais a situação do presidente Dário, o vereador Raimundo Silva também apresentou denúncia de que foram emitidos cheques em seu nome referente a 20 diárias, totalizando o valor de R$ 12.780,00 sem que o mesmo tenha recebido esses valores e muito menos viajado para os locais determinados. Silva disse que vai querer as cópias dos cheques para saber quem recebeu os valores em seu nome.

Todos os parlamentares se mostraram indignados e perplexos com as denúncias e esperam que Dário Nunes possa se explicar.

Dário disse que só vai se manifestar sobre o assunto quando for notificado pelo Ministério Público, no entanto a maioria dos vereadores exige explicações de imediato, pois as denúncias foram feitas no plenário da Câmara.

Roberto Brasil