Iranduba continua preparação nesta quarta, na Arena da Amazônia, focando na semifinal contra o Santos-SP

By -

Um importante passo para a história do futebol local e nacional pode ser dado pelo Iranduba nesta quinta-feira (29), na Arena da Amazônia, quando as Guerreiras do Hulk seguem para o primeiro desafio da semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino, contra o Santos-SP, às 20h. Para fazer bonito e orgulhar – novamente – o torcedor amazonense, as meninas realizaram treino na manhã desta terça-feira (27), no estádio Ismael Benigno, a Colina, e nesta quarta (28) seguem com a  preparação, desta vez no estádio de Copa do Mundo. A temporada recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Sob o comando do treinador Sérgio Duarte, o que não faltou mais cedo foram ajustes na defesa e na marcação, como também as bolas aéreas. “Tivemos algumas dificuldades no jogo contra o Flamengo. Se pegarmos as estatísticas do campeonato não sofremos com bolas aéreas, jogamos com o psicológico das jogadoras e trabalhamos com a bola parada defensiva. Amanhã (quarta-feira) trabalharemos nossas bolas mais ofensivas e faremos um coletivo mais tático, de posicionamento. Salientamos o comprometimento defensivo e estamos trabalhando nesse sentido. Estamos fazendo um trabalho em cima disso para que na quinta-feira possamos ser superiores contra o Santos”, frisou o treinador, destacando o lado ofensivo da equipe.

Responsável pelo gol contra o Flamengo na última quarta-feira (21), que colocou as meninas do Hulk na semifinal, a meia atacante Mayara ainda comemora o feito, na esperança de repeti-lo contra as Sereias da Vila. “Foi um belo gol que veio depois da jogada da Mary e da Kamila. Tirei da goleira e fiz o gol. Muito feliz. Agora temos o Santos, jogamos ano passado contra elas e o time delas fez contratações, está mudado. Vai ser um grande jogo e não vai ser fácil. Vamos batalhar para conseguir a vitória”, disse a jogadora, esperando contar novamente com o torcedor.

Torcedor

Além da expectativa do Iranduba sair na frente, o jogo de quinta-feira gera inquietação por conta do público. Isso porque, o time amazonense é responsável por sacudir o Brasileirão Feminino e detém o recorde de público da competição, conquistado no última quarta (21), quando 15.107 pessoas prestigiaram o jogo contra o time Rubro-Negro, que terminou em 1 x 1. Como o placar no jogo de ida figurou em 2 a 2, o saldo de gols pesou. Balançaram as redes Mayara, para o Hulk, e Tânia Maranhão, para as Meninas da Gávea.

“Essa vaga do Iranduba é inédita e o torcedor amazonense já mostrou que gosta do nosso futebol e esperamos muito, novamente, contar com eles. Vai ser muito importante esse apoio. Convocamos todos para lotar a Arena, fazer uma bonita festa, e passar energia positiva para a gente. Precisamos desse empurrão”, contou Mayra.

Volta

O jogo de volta entre Santos e Iranduba, pela semifinal do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, na Vila Belmiro, será dia 8 de julho. A partida acontece às 15h, no horário de Brasília.

Ingressos

Para empurrar o Iranduba rumo a final inédita do Brasileiro, o torcedor tem inúmeras opções para a compra do ingresso que custa R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20 (inteira). Crianças de até cinco anos e estudantes e idosos com carteira de comprovação pagam meia. De acordo com a diretoria do Iranduba, são esperadas mais de 20 mil pessoas no estádio.

A Arena Amadeu Teixeira, na Loris Cordovil, é um ponto de venda de ingressos. O local funciona diariamente das 8h às 17h. No dia do jogo, a partir das 17h, os tickets passam a ser comercializados na própria bilheteria da Arena da Amazônia, até o horário do jogo, no portão D.

Roberto Brasil