Ipem-AM fiscaliza Postos de Combustível e interdita duas bombas

By -

fiscalizaçao-ipem-postos-01O Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) iniciou uma ação em parceria com o Departamento de Proteção​,​ Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/AM) e Procon Manaus para fiscalizar postos de combustível alvos de possíveis irregularidades no que se refere à quantidade de combustível abastecida nos veículos e preços abusivos.

No primeiro dia da ação, 21 bombas de combustível foram verificadas em quatro postos da cidade, sendo que duas delas foram interditadas pelos fiscais do Ipem-AM por apresentar vazamento de diesel no equipamento.

De acordo com o diretor-presidente do Ipem-AM, engenheiro Márcio André Brito o proprietário do posto foi autuado e recebeu um prazo de 24 horas para fazer os devidos reparos, além de dez dias para apresentar defesa junto ao Ipem-AM.

fiscalizaçao-ipem-postos-02“Cerca de 300 postos já foram fiscalizados pelo Ipem-AM desde o início de janeiro, onde nós encontramos vazamentos nos equipamentos, má conservação na mangueira e quantidade menor sendo entregue para o consumidor”, disse Márcio André Brito.

Brito informa ainda que a ação se estende até sexta-feira (13), e que as empresas autuadas estão sujeitas a multas que variam de R$ 1,5 mil a R$ 500 mil.

O consumidor que desconfiar da quantidade abastecida e quiser denunciar as possíveis irregularidades nos postos de combustível da capital ou interior deve ligar para o telefone 0800 092 2020, no horário das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30.

O Procon/AM fiscalizou três postos de combustível e detectou irregularidades em dois deles, como a ausência do Código de defesa do Consumidor (CDC), os donos dos postos foram multados em R$ 1.069

Roberto Brasil