“Investimentos do Governo Federal em transporte são positivos, mas tardios”, diz Abdala Fraxe

By -
Dep. Abdala Fraxe

Dep. Abdala Fraxe

O deputado Abdala Fraxe (PTN) disse, nesta quarta-feira (10), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que os investimentos de R$ 198,4 bilhões anunciados na terça-feira (9) pela presidente Dilma Roussef (PT) para a área de transporte, podem ser uma alternativa para a crise econômica do país, mas, são tardios.  O pacote faz parte do Programa de Investimentos em Logística do Governo Federal para modernizar aeroportos, portos, rodovias e ferrovias nos próximos em 20 Estados e 130 municípios do país.

Abdala acredita que os investimentos anunciados deveriam ter sido feitos a mais de 10 anos, e poderiam agora reduzir os problemas de logística do país e ajudar o Brasil a passar pela atual crise econômica. “Todo esse gargalo logístico que tivemos no Brasil já poderia ter sido resolvido drasticamente se essas medidas tomadas ontem (terça-feira) tivessem sido tomadas no início do governo do ex-presidente Lula (PT), nosso Sócrates do ABC, no sentido de que só sabe que nada sabe. Mas acredito e tenho a esperança que a presidente Dilma consiga levar minimamente um pouco dessa carta de intenções, que ela lançou, pra frente”, disse.

Durante o seu discurso, Abdala ainda criticou a demora na liberação dos recursos anunciados, já que apenas uma parcela de R$ 69,2 bilhões deve ser liberada até 2018, e o restante R$ 129,2 bilhões só a partir de 2019. “Foi anunciado, com muita pompa e circunstância, que seria um programa de R$ 198,9 bilhões, mas esqueceram de avisar para a população que desses quase R$ 200 bilhões, nós teremos apenas R$ 69 bilhões, o resto será para 2019, 2020, 2021”, afirmou.

Os deputados José Ricardo (PT), Belarmino Lins (PMDB), Vicente Lopes (PMDB), David Almeida (PSD), que comentaram o discurso de Abdala, avaliaram o programa de forma positiva. “Foi uma boa iniciativa da presidente para tentar reaquecer a economia nacional”, disse Belarmino.

Os deputados Orlando Cidade (PTN) e Luiz Castro (PPS) criticaram a política econômica da presidente Dilma Roussef (PT) dos últimos anos e o montante de recursos do Programa de Logística destinados para ao Amazonas, que é de R$ 1 bilhão, segundo Orlando. “Onde fica nossa BR-319? Aqui fica nossa preocupação com esse ‘pacotaço’ que aí está e que virou as costas para o Amazonas”, disse Orlando Cidade.

Roberto Brasil